Traduza esta Página
English plantillas curriculums vitae French cartas de amistad German documentales Spain cartas de presentación Italian xo Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
King Of Pop

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Últimos assuntos
»  Um Amor de Padrinho
Sex Set 02, 2016 10:55 pm por Mimijak

» Michael Jackson In Memoriam. Remembrances (Ingles)
Sab Jul 09, 2016 4:09 am por Mimijak

» Todos os Livros Sobre Michael
Seg Jun 13, 2016 1:29 am por Mimijak

» Simplesmente MICHAEL
Seg Jun 13, 2016 1:16 am por Mimijak

» Michael Jackson = A Visual Documentary 1958-2009
Seg Jun 13, 2016 1:08 am por Mimijak

» LoveIsHIsMessage
Qui Maio 26, 2016 7:41 pm por Mimijak

» Curso de Ingles Online: Qual Escolho?
Ter Maio 17, 2016 1:17 am por Mimijak

» Mini-fic - Favores
Dom Maio 15, 2016 1:07 am por Mimijak

» Insana Obsessão
Qui Maio 12, 2016 2:13 am por Mimijak

Meu MSN
Meu MSN – Venha conhcer - Click Aqui e vá  para o Meu Perfil
Michael Is Invincible - diHITT– Mimijak Invincible
 Michael Is Invincible – Mimijak Invincible - Click Aqui e vá  para o Blogger
Dangerous
DANGEROUS MJ- Click Aqui e vá  para o Fórum Dangerous

Mini-fic - Favores

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mini-fic - Favores

Mensagem por Mimijak em Qui Maio 12, 2016 8:30 pm

Introdução: SinopseFavores




Sinopse: O que acontece quando por algum tempo Michael deixa de lado o seu lado homem sedutor e isso começa a lhe causar problemas sérios? Seu estresse da vida corrida e sua dedicação aos filhos negligenciaram o seu instinto e por isso um mau humor que faz qualquer um correr dele, mas seu segurança de longa data Bill tem a solução e tanto, uma amiga que é fã do astro e também tem os mesmo problemas pelos mesmos motivos. O que será que vai acontecer quando esses dois se juntarem? Descubra em: Favores




Inspiração:  


The Jacksons - Body




avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mini-fic - Favores

Mensagem por Mimijak em Qui Maio 12, 2016 9:37 pm

Capitulo IInicio De Tudo






Michael sempre foi muito ativo e desde que se casou pela primeira vez passou a gostar muito do esporte, sexo passou a ser uma válvula de escape para ele, mas como nem tudo são flores. Michael virou pai pouco tempo depois de tomar gosto pela coisa. O que aconteceu é que conforme os filhos foram chegando o interesse e tempo pra isso foi ficando de lado e voltado pras as crias. Ate seu melhor amigo percebeu isso.

_ E ai meu amigo como você está?
_ Bem Chris e você?
¬_ Tem namorado muito?
_ Que isso Chris, olha os meus filhos aqui.
_ Que isso pergunto eu man? Tu é jovem filho tem que aproveitar a vida.
_ Quero me dedicar aos meus filhos e só isso – Ríspido.
_ Você está mal humorado.
_ Não estou. – Fala grosso confirmando o que Chris já sabia.
_ Me engana Michael – Saindo da sala – E pode deixar as crias com a baba porque você vai sair comigo amanhã e vai tirar esse atraso sim e não adianta bufar. – Ele sai da presença do Michael que fica sentado no sofá com uma cara feia sem tamanho.

Tudo que ele menos queria era sair, os filhos estavam crescendo e ficando mais independentes, mas mesmo assim ele queria está perto do dele. Paris e Prince já estava com 8 anos e desde o nascimento deles que o Michael não sabia o que era sair com uma mulher a sós. Aquela noite foi longa pra o astro e o velho cinco contra um não estava mais ajudando. O telefone toca no meio da noite, era Chris.

_ Alô
_Atendeu rápido, tava se acabando na mão de novo Michael?
_ Vai se @#$%¨&
_ Olha essa boca.
_ O que você quer?
_ Se arruma.
_ Pra que?
_ Se arruma logo que eu tô indo pra ai.
_ Você disse que iriamos sair amanhã.
_ Já é amanhã criança e vamos nos divertir e lava essa mão antes de sair, não quero as gatinhas cumprimentando você com essa mão suja.
Michael estava visivelmente contrariado com o amigo, mas o que ele poderia fazer? Se arrumou da forma mais informal possível, se é que pra ele é possível isso e aguardou Chris bater a porta.

_ Pra onde vamos?
_ Um lugarzinho que você vai gostar muito.
_ Chris você sabe que não gosto de prostitutas, não pago pra isso.
_ Tá bom mão de vaca considere isso um presente.
_ Chris.

A festa começa bem, Michael ate se diverte muito embora não consiga se interessar por ninguém. No meio da noite de diversão Michael começa a suar muito e se sentir sufocado, ele tenta procurar a porta do terraço da boate, mas antes de chegar a porta ele desmaia. Chris desesperado chama uma ambulância que chega em menos de 5 minutos, Michael vai para o hospital mais próximo inconsciente. Vários exames são feitos inclusive de teor alcoólico, que pra surpresa de todos dá zero. o que teria causado o mal súbito. Sem muita alternativa os médicos são obrigados a tirar as roupas do astro que pra surpresa deles descobre exatamente a raiz do problema.
Toda a virilha de Michael estava inchada e vermelha, a parte testicular estava rígida. O que provavelmente indicava uma infecção que só deus sabe como chegou ali. O medico faz uma drenagem de emergência do liquido acumulado no local que era uma mistura de sangue com uma espécie de leite viscoso que apresentava uma densa cristalização. Passado algumas horas Michael volta lentamente do seu estado confuso e estranhando o lugar.

_ Que estou fazendo no hospital? – pergunta desnorteado com Chris olhando pra ele - Onde estão minhas roupas.
_ Doutor ele já acordou – Grita na porta da enfermaria, logo aparece um senhor com uma prancheta em mãos.
_ Olá senhor Jackson, como tem passado?
_ como vim parar aqui? – Pergunta sem entender nada do que está acontecendo.
_ Direto ao ponto – Rindo amarelo pelo corte súbito – Bom o senhor deu entrada ontem a noite desacordado e apresentava um quadro curioso.
_ Curioso?
_ Por assim dizer.
_ Escuta o que o homem tem a dizer.
_ O senhor apresentava um inchado na região genital que se revelou depois ser sêmen cristalizado
_ Hã?
_ A quanto tempo o senhor não faz sexo?
_ Oi?
_ Foi preciso drena-lo para poder ser removido.
_ Ok a dor na minha virilha foi explicada, o que o fato de eu não fazer sexo tem haver com tudo isso?
_ É que a falta de sexo por um período longo causa alguns transtornos e o senhor é o primeiro caso que pego que virou uma infecção nessa região.
_ Tá, e como é que eu resolvo isso?
_ Adivinha Michael?
_ Fala serio.
_ Não acha que oito anos sem não é muito tempo pra um homem ativo fica sem umazinha? – medico ouvia a briga dos dois pensando altas besteiras obviamente.
_ Chris para de me tratar como se eu fosse a tua esposa, o medico vai achar que sou gay. – olhando fixo pro medico que assistia a cena. Ele prossegue.
_ Enfim, o senhor precisa diminuir seu período de abstinência. Durante os exames foi detectado um alto índice de produção de sêmen e se não for extravasado o senhor pode ficar estéril e ate perde o seu....

Michael fica chocado com a noticia e percebe que as coisas não serão fáceis pra ele. Agora ele tem um problema, como ele vai arrumar alguém pra isso se ele não gosta de se aproveitar das mulheres e pagar pra sexo está fora de cogitação. Michael passa o período que o medico ordenou de cama se recuperando, remove os pontos na data determinada e sempre que pode dá seu jeito de se aliviar pra poder amenizar o estrago, mas pelas dores que sente já deu pra perceber que se masturbar o resto da vida não dá certo. Michael caminhava pela casa cansado, sem animo e com um mau humor de cão, Grace que sempre gostou do chefe ate tentou ajudar, mas foi logo repelida pelo patrão com um sonoro “não misturo trabalho dos meus empregados com vida pessoal”. Tudo estava dando errado na parte pessoal dele, o amor que ele sempre quis nunca chegou e obviamente nunca chegaria. Isso o fazia sofrer por demais.
Vendo a aflição do chefe um de seus seguranças resolve ajudar. Ele passa a mão no telefone e liga pra uma pessoa que vai ser a salvação dele por um longo tempo.

_ Lily? É o Javon. Preciso de um favor seu. Tem um tempo?
_ Javon, tu só me poe em fria, o que você quer dessa vez?
_ Você ama o Michael Jackson não é?
_ Que pergunta claro que sim.
_ Então se arruma que hoje você vai conhecer Michael Jackson
_ Javon espero que saiba o que está fazendo – repreende Bill.
_ relaxa, se tem alguém que pode ajudar é a Lily ambos no mesmo estado de humor pelo mesmo motivo, junta eles e deixa o fogo rolar, confia em mim. Vai me agradecer depois....




avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mini-fic - Favores

Mensagem por Mimijak em Sex Maio 13, 2016 10:58 pm

Capitulo IILilyth



Javon era um dos melhores seguranças do Michael, mas também entendia bem a situação do patrão. Lily, como ele carinhosamente a chama, já foi namorada dele e por motivos muito pessoais dela, mas não deixaram de serem amigos. O segurança havia prometido que um dia lhe apresentaria o patrão, mas teria que ser uma ocasião bem propicia e conhecendo bem o gosto de Michael por mulheres a hora tinha chegado. A jovem correu para se arrumar como o amigo pediu e ficou a espera dele em sua residência. A ruiva esperava ansiosa pelo momento em que conheceria o seu ídolo. Javon percebendo o estado de Michael antes de qualquer coisa o leva pra casa. Assim que o patrão se acomoda ele sai pra ir buscar a amiga e armar o encontro sem levantar suspeita.
_ Você demorou – Reclama ela ao ver o amigo chegar sem o Michael.
_ Desculpa, eu precisava deixar ele em casa antes. Cadê o Michael Javon?
_ Era isso que eu queria conversar com você antes de te levar ate ele. – Javon se posiciona em frente a ela com uma expressão ativa. Lily o observa seria – Michael tem princípios complexos em relação a mulheres.
_ Novidade campeão. Sou fã dele eu sei de tudo sobre esse lado dele.
_ Não estou brincando Lily, o que você leu em relação ao Michael não é nada comparado ao que eu vou lhe dizer.
_ Então fala.
_ Michael teve um problema de saúde hoje por conta de sua abstinência e ter renegado o seu lado masculino.
_ Onde eu entro nisso?
_ Quero que você ajude-o a ser feliz.
_ Javon?
_ Sei que não quer casar com ninguém. Não lhe pediria isso você sabe, mas fica com ele ate aparecer alguém que queira casar com ele. – Ela o observa seria – Michael não vai pagar uma mulher só pra transar com ele. Então ganhe a confiança dele e o faça feliz. Se a coisa ficar seria entre vocês e se mudar de ideia case-se com ele.
_ Certo. E como faremos?
_ Ele vai pra nova York amanhã viaje agora e fique nesse hotel. – Entregando um papel com nomes escritos nele – Já fiz a reserva e paguei pelo período que ele vai ficar lá. Você sabe como fazer um homem se interessar por você então faça-o se interessar, provoque ele. Michael vai ceder. Ele precisa disso.
_ Ok, e depois?
_ Não preciso te ensinar o que tem que fazer né? – Ironizou.
_ Você me disse que ele é diferente do que eu ouvir falar, então me dá uma luz pow.
_ Ok, seja sensual ele gosta de mulheres provocantes e que também autoconfiante, fale de arte, filmes, livros... Eu te dou um toque quando ele sair do quarto pra andar pelo hotel. Deixa o celular ligado.
¬ _ Tudo bem.
_ Eu te levo ao aeroporto, esteja no hotel antes da gente chegar. – Entregando as passagens e o registro da hospedagem – Ah! Só mais uma coisa, estão no mesmo andar. Seja discreta. Michael não gosta de mulheres que chame a atenção pra elas e pelo amor de Deus não conte pra ninguém isso. Meu emprego está em jogo.
_ Entende. – O carro sai e eles vão ao aeroporto após por a bagagem da moça no porta-malas do carro. – Javon?
_ Sim?
_ Quanto tempo ele está sem sexo?
_ Oito anos, porquê?
_ Uau.
_ Problema com isso?
_ Não, vou adorar fazer isso.
Lily viaja para NY e chega meia hora antes do Michael. Se acomoda e espera o chamado de Javon. Michael chega com sua equipe, sem os filhos e visivelmente contrariado. Javon manda um torpedo pra ela informando que estão subindo pelo elevador.
“Estamos subindo, provoque-o.”
Ela recebe o recado e tenta arrumar um jeito rápido de provocar a maneira mais rápida que ela pensou. A maneira mais rápida e eficaz foi desfilar semi-nua no corredor do hotel. Lily colocou a camisola mais sexy e transparente possível e foi para o corredor mexendo no celular em direção ao elevador como se fosse subir para o terraço. A porta se abre e Michael tem uma bela visão a sua frente enquanto Lily tenta se fazer de surpresa a porta do elevador.


Nossa – exclama Michael de olhos arregalados com a jovem em trajes visivelmente nada discretos.
_ Ai meu Deus não imaginei que tinha alguém subindo, me desculpe.
_ Tudo bem – Gagueja Michael tentando esconder o volume proeminente em suas calças. Tanto Javon e Lily percebem a reação dele que fica visivelmente vermelho ao se deparar com a reação involuntária de seu corpo.
_ É melhor eu voltar pro meu quarto – A moça toma o rumo oposto ao elevador deixando Michael ter a visão completa do corpo da jovem, impossível ele não pensar em sacanagem com aquilo tudo a sua frente, e com certeza aquela beldade iria povoar sua mente essa noite de insônia.
_ Conhecem ela? – Pergunta Michael contendo a respiração
_ Não senhor, e parece que ela está no mesmo andar que o senhor – Observando ela percorrer o corredor e entrar no quarto em frente ao dele.
_ Olha ela está de frente pro seu quarto senhor – Bill faz uma observação que deixa mais visivelmente interessado.
Javon visivelmente surpreso pelo vestuário manda um torpedo pra ela com a observação:
“Esse baby-doll eu não conhecia O_O”
“Tira o olho que não é pra você, e ele?”
“Vai se acabar na mão hoje depois daquele baby-doll, mandou bem.”
“Bom saber”
“Não só ele, mas os meus colegas também”
“me mantenha informada”
A noite para Michael foi longa e como Javon previu a imagem de lily com aqueles trajes povoaram a mente dele durante toda a noite. A cama do astro parecia que tinha pregos, ele tentou ler, ver um filme, escrever, navegar na internet e nada conseguia aplacar aquele incomodo nos países baixos.
_ Porque encontrar uma mulher que me entenda e me satisfaça é tão difícil? - E o que aquela ruiva tem de especial assim que não sai da minha mente desde que cheguei? Essa pergunta Michael ia saber logo a resposta.
“Michael está descendo para o bar vai pra lá agora” torpedeou Javon “vai vestida descente”


avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mini-fic - Favores

Mensagem por Mimijak em Sab Maio 14, 2016 1:11 am

Capitulo III Seduzindo




Dessa vez menos provocante, Lily se vestiu e desceu para o bar a fim de encontrar sua missão e redenção, ambos sabiam que um dia teriam que contar a Michael esse feito. Os dois oravam para que nunca fosse necessário. Com um vestido relativamente sexy ela entra no local onde Michael está. O astro está sentando ao fundo no balcão o mais escondido possível dos outros hospedes. Assim que ele avista Lily seu rosto fica enrubrecido tentando desviar o olhar da bela jovem que se aproximava do bar.
_ Uma soda, por favor? – Pede ao barman que atende prontamente a bela ruiva.
_ O que ela faz aqui? – Pergunta Michael a Javon tentando não fixar o olhar na jovem – Eu pedi pra não fechar o bar?
_ Acho que ela já estava aqui senhor, não a vi na porta quando entramos. – Explica o segurança – Quer que eu peça pra que ela vá embora?
_ Não vou atrapalha-la desde que ela não me perturbe.
Lily “inocentemente” olha para o lado e vê Michael sentando com uma garrafa de espumante. Ela resolve se desculpar pelo ocorrido no corredor do hotel.
_ Senhor Jackson? – Chama a jovem o fazendo-o despertar subitamente de seus pensamentos insanos – Podemos conversar por uns instantes? – Olhando para os seguranças – Em Particular.
Intrigado Michael permite que ela se sente na mesa e os Seguranças imediatamente se afastam dando total privacidade ao casal.
_ O que tem de tão importante que não pode ser ouvido pelos meus seguranças? – Solta Michael serio olhando fixo para o rosto dela já que o generoso decote poderia ser fatal pra ele.
_ Percebi que ficou constrangido por me ver naqueles trajes mais cedo. Quero me desculpar por isso, não me informaram que iria ter companhia naquele andar. Não irá se repetir.
_ Tudo bem. Sem problemas. Bom saber que não serei pego de surpresa por alguém possivelmente nua no corredor do meu quarto. – ambos riem da observação
_ Meu nome é Lily
_ Prazer.
_ O que faz sozinho nesse bar? Não tem alguém pra acompanha-lo em viagens?
_ fora meus seguranças?
_ Uma namorada talvez?
_ Faz anos que não namoro – baixa os olhos tentando não evidenciar a sua necessidade de bem mais que uma conversa.
_ Serio? Um homem lindo como você não pode e nem deve ficar sozinho.
_ Pois é, eu larguei tudo pra ficar com os meus filhos desde que eles nasceram.
_ São muito pequenos
_ Agora não mais, já tem oito e sete anos só o mais novo que tem 3.
_ Então é hora do Papai voltar a ativa. Um homem não pode ficar tanto tempo sem atenção feminina. – Lily tenta chegar mais perto de Michael para poder toca-lo. O astro tenta se afastar, mas está encurralado em seu esconderijo. Uma parede acaba fornecendo o apoio que a jovem queria para poder toca-lo.
_ Senhorita, eu não me envolvo em aventuras – Diz Michael com voz tremula ao sentir as mãos da jovem fazendo um ousado toque em sua virilha. O volume dentro da calça de Michael era praticamente impossível não perceber.
_ É uma pena, você deveria.
_ Eu também não pago pra ter esses serviços. – soltando um gemido abafado pelo prazer que aquelas mãos causavam nele apenas por estarem paradas ali.
_ Não quero seu dinheiro Michael. – O beija levemente nos lábios – Também não quero sua Fama a única coisa que quero de você estou tocando nela agora.
Michael se sentiu tentando em embarcar naquela aventura que se apresentava a sua frente, tudo era um verdadeiro banquete pronto para ser servido naquele bar. Lily se levanta e deixa a mostra para o astro a sua total falta de peça intima. O que torna a visão ainda mais tentadora já que a mensagem era bem clara. Estou disponível é só pegar.
_ Esse é o meu numero telefônico – Entregando um cartão de visita – Estou de frente para o seu quarto se mudar de ideia posso lhe garantir que vai valer a pena cada segundo. – Ela segue para a porta soltando um beijo para Michael que permanece sentado algum tempo imóvel em seu posto. Lily vai para o quarto e torpedeia Javon.
“Diz-me se ele vai vir ou não”
“Ele tá em chamas aqui, acho que ele vai bater na tua porta já, já.”
A noticia soou como musica para os ouvidos da jovem que logo se pós a preparar para o seu visitante. Ela tomou uma rápida ducha, passou alguns cremes e vestiu uma lingerie provocante, mas não a do mesmo dia do corredor e assim pós-se a espera-lo. Michael por sua vez lutava contra seu instinto para não sucumbir a sua vontade. Javon percebe que o Patrão fica observando o cartão da moça por algumas horas. Já passam das duas da manhã quando Michael toma uma atitude de subir de volta a sua suíte. Sua mente está povoada de pensamentos pervertidos e sua boca chega a sentir o gosto do beijo que Lily ensaiou a pouco tempo atrás.
“ele está subindo fica acordada” torpedeia Javon.
“E eu durmo? Avisa-me se ele for pro meu lado da porta”
O local começou a ficar abafado, pelo menos pra ele, fazendo com que Michael voltasse para o seu quarto a fim de tomar um banho e relaxar. Se é que é possível, o fogo que consumia o astro era maior que o que ela já tinha enfrentado nos últimos anos. Lily povoava sua mente com sonhos mais luxuriosos que o pensamento dele poderia gerar. Mesmo um banho quente muito longo não conseguiu resolver os problemas que Michael tinha. Resistir era preciso, conseguir era o problema.
_ Algum problema senhor? – pergunta Javon ao ouvir um som de vidro se quebrando
_ Está tudo bem. Obrigado por se preocupar – O segurança sai e deixa a porta entreaberta, Michael de onde está dava pra ver a porta dos aposentos de Lily, ele percebe que tem luz por baixo da porta dando a entender que ela está acordada tão tarde da noite.
_ O que tenho a perder? – Pensa Michael – O máximo que vai acontecer é que ela me dê um não. Se bem que se ela não quisesse algo não teria me dado o cartão
“Ele vai ate ai fique atenta”
“Acho que vou ajudar”
“Não faça besteira”
“Relaxa sei o que estou fazendo”
Lily abre a porta desesperada fazendo com que Michael vá ate a porta pra ver o que esta acontecendo.
_ Rapazes vocês viram a minha bolsa no bar hoje a noite?
_ Não vi nenhuma bolsa senhorita.
_ Algum problema? - Pergunta Michael tentando entender a situação
_ perdi a minha bolsa com tudo dentro.
_ Não sei se te ajuda, mas quando você veio falar comigo veio sem bolsa nenhuma. – Observa Michael. - Tentando não olhar para a roupa da jovem.
_ Não acredito nisso. Vou ter que descer ate o bar, acho que deixei no banheiro.
_ Quer ajuda? – Oferece Michael – Dois é melhor que um pra procurar. – antes de Michael ouvir a resposta ela some elevador a dentro deixando o astro no vaco a espera de uma resposta. Enquanto isso Javon agia rapidamente para que a situação fosse mudada a favor de Michael, que volta para o quarto um pouco decepcionado com a situação de não conseguir falar com ela. Ninguém percebe a não ser Bill que ele jogou uma bolsa feminina próximo a porta do elevador. Michael que notou o objeto esquecido.
_ Acho que é isso que ela está procurando – Observa Michael pegando a bolsa do chão.
_ Javon o que você está fazendo.
_ Cala a boca e fica olhando – devolve o sussurro a Bill.
A porta do elevador se abre e lá está ele com a bolsa de Lily nas mãos.
_ Acho que que isso é seu – ao ver a moça surgir por trás das portas – está caída próximo a porta acho que não viu....


avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mini-fic - Favores

Mensagem por Mimijak em Sab Maio 14, 2016 1:43 am

Capitulo IVFavores





A moça abre um sorriso enorme ao ver o seu salvador com a sua bolsa nas mãos. Obviamente Javon deixou fácil para que Michael a encontrasse.
_ Meu herói – Exclamou ela dando-lhe um beijo no rosto bem próximo aos lábios dele – Acho que isso merece um brinde. Me acompanha?
_ Não sei se devo – tenta recusar visivelmente excitado
_ Qual o problema Michael? Pelo que eu sei você não precisa mais de permissão do seu pai pra isso. Não tem nada a perder. – Rebate ela sedutoramente se dirigindo ao quanto dela deixando a porta entre aberta.
Michael fica visivelmente tentando a ir e ao mesmo tempo fica perdido com a situação ate que um dos seguranças solta involuntariamente:
_ Na boa, se eu fosse o senhor eu ia, não tem nada a perder em uma noite com ela.  – Michael olha o segurança com os olhos arregalados com a insinuação. Todos sabiam que o patrão não é chegado a aventuras amoras, mas dadas a sua atual situação era vida ou morte. Michael passa a mão na cabeça, caça o queixo e solta:
_ Seja o que Deus quiser.
Michael vai para o quarto de Lily relutante pelo que poderia acontecer, aventuras não era com ele isso era fato. Dado a sua situação era obvio que ele pegava qualquer uma, mas mudar era preciso. Ele bateu levemente a porta e seguiu entrando de vagar, fechou a porta por trás de si e seguiu chamando a sua tentadora anfitriã.
_ Lily? – chama o astro com o quarto em total penumbra.
_ Estou aqui – Responde ela acendendo a luz do abajur ao lado de sua cama revelando-se deitada em uma enorme e convidativa cama de casal. Michael engole seco e suas mãos começam a suar com a situação, ele estava em um ponto que não havia mais volta.
_ Não sou homem de fazer isso.
_ Também não sou mulher de fazer isso Michael, mas conheço quando meu ídolo precisa mais do que um amor platônico de porta de hotel. – A revelação deixa Michael atônito ainda mais.
_ Vo...vo...você minha fã? – gagueja sem ação – Não isso não está certo.
_ Michael eu já sou crescidinha e não vou ter grandes ilusões de final feliz. Encare isso como um presente de uma de suas Meninas. – Michael da alguns passos em direção a porta pronto para desistir e Lily completa – É um presente de mão dupla, eu ganho, você ganha.
_ Não quero te magoar.
_ Você vai me magoar se passar por essa porta – Diz Lily lhe oferecendo uma taça de vinho, Michael pega a taça e bebe em um único gole pra da coragem. Seus princípios estavam travando uma luta ferrenha contra a sua carne que realmente precisava daquilo que a fã lhe ofertava sem cobranças. – Encarre isso como um favor, eu te faço um favor e você a mim. Enquanto não aparece alguém que possa dar o que procuramos além de sexo. Sem compromisso Michael, sem cobranças, só prazer. – a proposta é boa e obviamente que dentro desses termos o astro ficava visivelmente tentado a topar. Mas será que o coração do astro está preparado para o que está por vir nessa aventura?
Lily por sua vez não estava disposta a ficar no vaco aquela noite uma vez que Michael passou a porta do seu quarto o só sairia de lá depois de fazer exatamente o que ela queria e ele precisava. A jovem estava envolta em um hobby a qual não tinha absolutamente nada por baixo. Ela deixa a peça deslizar ate o chão revelando o seu corpo nu e completamente modelado em academia. A jovem não dá tempo de Michael se quer pensar e o toma de assalto nos lábios. O beijo faz com que todo e qualquer logica ou raciocínio de Michael se esvaia dando lugar a um desejo incontrolável e ardente. Ele a toma em seus braços e a leva para a cama em um estado que o torna pouco apresentável seu corpo fala por si naquele momento.

Tão excitada

Você me deixa tão
Tão excitada

As roupas de Michael somem a medida que ele avança no corpo de Lily.


Estou quente, venha, e prepare-se
Estarei pronta para você
A qualquer hora que você quiser
Então você pode
Seja perverso
Não me machuque
Seja sexy
Fale besteiras
Estarei pronta para você
A qualquer hora que você quiser
Você me deixa excitada


Ela enlaça as pernas na cintura de Michael que não para de beija-la por todo corpo dando atenção ás partes mais sensíveis de Lily que se controla pra não soltar um gemido mais alto. O objetivo daquela noite não é chamar atenção.


Por alguma razão pode ser o dinheiro que te deixa excitado
Mas para mim é uma atitude que me deixa no chão
E não existem palavras que descreva o seu orgulho
E meu corpo se transforma em um automóvel quando você está dentro de mim


Os lábios de Michael estão famintos como nunca se viu antes, parar não é uma opção, o volume em suas calças está ansioso para sair, mas antes nada melhor do que se divertir com sua parceira e deixa-la do jeito que ele gosta de ver suas amantes. Excitadas.



Você gosta quando eu começo
Vou da cabeça aos pés
E toda hora que você insistir
Não pararei mais
Então esqueça as outras garotas
Pois agora você está saindo com uma mulher
Vou manter seu corpo no ponto certo
Isso é o mínimo que posso fazer
Pois você me deixa excitada


Michael concentra suas caricias entre as pernas da jovem que se segura nos lençóis com força contorcendo o pano com uma força que ela não imaginava ter, o prazer causado por aquele ato a fazia pegar fogo. Michael mostra que não esqueceu de como fazer uma mulher enlouquecer em seus lençóis. Lily arfa seu corpo enquanto solta gemidos horas, contidos horas exagerados.


Estou quente, venha, e prepare-se
Estarei pronta para você
A qualquer hora que você quiser
Então você pode
Seja perverso
Não me machuque
Seja sexy
Fale besteiras
Estarei pronta para você
A qualquer hora que você quiser
Você me deixa excitada



Beber naquela fonte torna as coisas mais vivas para Michael. Ele se livra do resto de suas vestes deixando muito evidente o quanto ele está excitado e louco de desejo. Antes de invadi-la a jovem quer lhe retribuir as caricias tão ousadas. Ela o joga na cama o fazendo ficar deitado com o seu membro apontando pra ela praticamente implorando para ser usado.


Tão entretido com meus truques que vou querer um crédito por isso
Sempre quando meu corpo estiver pegando fogo, você verá
Me coloque em um quarto e logo me verá comandando
E toda hora que eu te der uma chance você saberá como fazer


O toma em suas mãos e faz a melhor caricia que Michael poderias esperar aquela noite. Ele não queria muita coisa pra sanar sua necessidade. O que viesse estava bom, aquele movimento de suga-lo o enlouquecia ainda mais. O deixando a ponto de explodir de prazer, mas ainda não era hora. E Lily sabia bem quando o deixar jorrar toda aquela tensão acumulada. Michael chega a delirar com aquele toque, aquela caricia feita tão magicamente.


Você gosta quando eu começo
Vou da cabeça aos pés
E toda hora que você insistir
Não pararei mais
Então esqueça as outras garotas
Pois agora você está saindo com uma mulher
Vou manter seu corpo no ponto certo
É o mínimo que posso fazer
Pois você me deixa excitada


Prevendo que algo pode acontecer ela para do nada fazendo com que Michael se jogue em cima da dela a penetrando com a mesma pressa e fome que ele tinha. Michael usa toda a sua maestria de amante para conduzir tudo da melhor forma para ambos, ele a estaqueava com gama. Ninguém queria saber de incomodar alguém aquela altura ambos queria saciar o seu desejo, sua fome e necessidade. Ambos gemia enlouquecidamente com aquele ato.


Estou quente, venha, e prepare-se
Estarei pronta para você
A qualquer hora que você quiser
Então você pode
Seja perverso
Não me machuque
Seja sexy
Fale besteiras
Estarei pronta para você
A qualquer hora que você quiser
Você me deixa excitada



             Lily o provocava com frases obscenas ao pé do ouvido dele que o faziam intensificar ainda mais suas investidas.
_ Não pare enquanto não for o suficiente, hoje sou completamente sua faça o que quiser de mim como quiser. Não vou reclamar, apenas vou ceder aos seus desejos. – Repetia ela enquanto ele a provocava um êxtase atrás do outro. Michael prontamente a atendia.


Você está, você está com fome
Te peguei
Te peguei
Te peguei com a boca
Com a boca
Com a boca no meu corpo como se fosse algo para comer
Então você pode
Seja perverso
Não me machuque
Seja sexy
Fale besteiras
Estarei pronta para você


Michael troca de posição investindo por trás da jovem com a mesma intensidade que estava acontecendo. Lily e Michael não conseguiam parar seus corpos não queria se separa por nada. Quanto mais eles se envolviam mais eles queriam ficar ali naquela cama. Michael permanece por varias vezes naquela posição, segurando Lily pelas coxas firmemente enquanto investe pesado nela que momento algum pede para que ele pare, ao contrario, pede pra que continue. E assim ele o faz.


Estou quente, venha, e prepare-se
Estarei pronta para você
A qualquer hora que você quiser
Então você pode
Seja perverso
Não me machuque
Seja sexy
Fale besteiras
Estarei pronta para você
A qualquer hora que você quiser
Você me deixa excitada


Após os corpos não aguenta a quantidade de vezes em que ambos tiveram seus ápices e ao termino do ultimo orgasmos de ambos eles caem exaustos, o sono é inevitável. O sono é mais que justo depois de tanto tempo sem nenhum tipo de atividade. Javon e Bill escutam tudo por trás da porta.
_ Graça as a Deus ela conseguiu. – Exclama Javon.
_ Espero que não perca seu emprego por conta disso – Relembra Bill.
_ Também espero, mas o patrão estava precisando de uns momentos como esse afinal ele tem muito estresse no seu dia a dia.
_ Concordo, mas será que ele vai entender a sua boa intensão Javon? – Observa Bill - Pense nisso amigo. Não quero que se prejudique com isso.
O dia passa sem maiores incidentes no hotel, aparentemente ninguém ouviu o que se passou no quarto de Lily. Naquele dia Michael teve que remarcar vários compromissos, pois ele havia perdido todos possíveis e imaginais. A noite para ele foi bem proveitosa e aquele sono era mais que merecido tanto para o astro quanto para Lily. Mas será que ambos estarão preparado para o que está por vir? Afinal o trato foi sem compromisso e ninguém estará disposto a mudar essa condição.
Definitivamente o amor não era parte de um deles naquele momento e Javon mais que ninguém sabia das consequências de se querer o que não pode ter. Será que Michael consegue o que outros já falharam?....



avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mini-fic - Favores

Mensagem por Mimijak em Dom Maio 15, 2016 1:07 am

Capitulo VRealidade




Lily consegue o que quer e após uma noite mal dormida por assim dizer ela vai para casa deixando Michael sozinho coberto só com o lençol da cama. Depois de muito tempo o astro acorda e percebe sua situação, completamente nu e sozinho na cama. Ele se recompõe e volta ao seu aposento confuso com a situação. A garota havia sumido da mesma forma que tinha surgido. Ninguém havia conseguido satisfazê-lo como Lily conseguiu. Javon apenas observa.
_ Javon você vu onde ela está?
_ Ela quem senhor?
_ A garota do bar que está nesse quarto – pontando pra a porta de onde ele surgiu a pouco tem.
_ Ela saiu tem umas duas horas.
_ Ela disse alguma coisa? Pra onde iria? Se ia voltar?
_ Não disse nada senhor, apenas saiu.
_ Avise-me se ela voltar.
Michael sentiu seu coração parar por alguns segundos ao saber que sua gentil anfitriã havia ido embora. Mais uma vez ele acordava com a cama vazia ao seu lado e sem saber o que fazer. A solidão novamente vinha ter com ele. A semana se passou como de costume Michael sempre era elogiado pelo seu bom humor, mas o que poucos sabiam era que seu coração estava cortado ao meio por conta dessa bela e misteriosa jovem. Será que ele a encontraria de novo? O tempo iria dizer.


Chicago

A conheci à caminho de Chicago
Onde ela estava completamente sozinha
Eu também estava
Então eu perguntei seu nome
Ela sorriu e olhou para mim
Fiquei surpreso em ver
Que uma mulher como aquela
Estava realmente afim de mim

Ela disse que não tinha um marido
Criou seus filhos do melhor jeito possível
(Ela estava me amando)
Ela me disse que estava sozinha
Disse em casa que não tinha telefone
(Ela estava me querendo)
Disse para dar apenas uma página
Cinquenta e nove era o código que ela deu
(Ela estava me amando)
Ela mentiu pra você, mentiu pra mim
Achei que ela me amava, me amava, sim

Nunca iria imaginar que ela vivia desse jeito
Suas palavras pareciam tão sinceras
Quando a segurei bem perto
Ela me disse como se sentia
Pareceu tão real para mim
Essa garota, ela devia ser
Um anjo vindo do céu só para mim

Ela disse que não tinha um marido
Criou seus filhos do melhor jeito possível
(Ela estava me amando)
Ela me disse que estava sozinha
Disse em casa que não tinha telefone
(Ela estava me querendo)
Disse para dar apenas uma página
Cinquenta e nove era o código que ela deu
(Ela estava me amando)
Ela mentiu pra você, mentiu pra mim
Achei que ela me amava, me amava, sim

Ela tentou viver uma vida dupla
Me amando enquanto ainda era sua esposa
(Ela estava me querendo)
Ela achou que me amar era legal
Com você trabalhando e as crianças na escola
(Ela estava me amando)
Ela disse que aquilo nunca iria acabar
Tentou continuar comigo de qualquer jeito
(Ela estava me querendo)
Ela mentiu pra você, mentiu pra mim
Mas ela tinha uma família, família

Por que? Oh não
Sim! Oh
(Estou apaixonado, apaixonado)

Eu não sabia se ela já tinha falado
Porque eu não sou desse tipo de homem
Juro que nunca teria olhado em sua direção
Agora estou sentindo muita vergonha
E tudo tem que mudar
É bom que saiba que estou segurando sua culpa!

Ela disse que não tinha um marido
Criou seus filhos do melhor jeito possível
(Ela estava me amando)
Ela me disse que estava sozinha
Disse em casa que não tinha telefone
(Ela estava me querendo)
Disse para dar apenas uma página
Cinquenta e nove era o código que ela deu
(Ela estava me amando)
Ela mentiu pra você, mentiu pra mim
Achei que ela me amava, me amava, sim
(Segurando sua culpa)
Sim!

Ela tentou viver uma vida dupla
Me amando enquanto ainda era sua esposa
(Ela estava me querendo)
Ela achou que me amar era legal
Com você trabalhando e as crianças na escola
(Ela estava me amando)
Ela disse que aquilo nunca iria acabar
Tentou continuar comigo de qualquer jeito
(Ela estava me querendo)
Ela mentiu pra você, mentiu pra mim
Porque ela tinha uma família, família

Ela disse que não tinha um marido
Criou seus filhos do melhor jeito possível
(Ela estava me amando)
Ela me disse que estava sozinha
Disse em casa que não tinha telefone
(Ela estava me querendo)
Disse para dar apenas uma página
Cinquenta e nove era o código que ela deu
(Ela estava me amando)
Ela mentiu pra você, mentiu pra mim
Achei que ela me amava, me amava
Sim!

Ela tentou viver uma vida dupla
Me amando enquanto ainda era sua esposa
(Ela estava me querendo)
Ela achou que me amar era legal
Com você trabalhando e as crianças na escola
(Ela estava me amando)
Ela disse que aquilo nunca iria acabar
Tentou continuar comigo de qualquer jeito
(Ela estava me querendo)
Ela mentiu pra você, mentiu pra mim
Porque ela tinha uma família, família
Sim!


Fim!




avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mini-fic - Favores

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum