Traduza esta Página
English plantillas curriculums vitae French cartas de amistad German documentales Spain cartas de presentación Italian xo Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
King Of Pop

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Últimos assuntos
»  Um Amor de Padrinho
Sex Set 02, 2016 10:55 pm por Mimijak

» Michael Jackson In Memoriam. Remembrances (Ingles)
Sab Jul 09, 2016 4:09 am por Mimijak

» Todos os Livros Sobre Michael
Seg Jun 13, 2016 1:29 am por Mimijak

» Simplesmente MICHAEL
Seg Jun 13, 2016 1:16 am por Mimijak

» Michael Jackson = A Visual Documentary 1958-2009
Seg Jun 13, 2016 1:08 am por Mimijak

» LoveIsHIsMessage
Qui Maio 26, 2016 7:41 pm por Mimijak

» Curso de Ingles Online: Qual Escolho?
Ter Maio 17, 2016 1:17 am por Mimijak

» Mini-fic - Favores
Dom Maio 15, 2016 1:07 am por Mimijak

» Insana Obsessão
Qui Maio 12, 2016 2:13 am por Mimijak

Meu MSN
Meu MSN – Venha conhcer - Click Aqui e vá  para o Meu Perfil
Michael Is Invincible - diHITT– Mimijak Invincible
 Michael Is Invincible – Mimijak Invincible - Click Aqui e vá  para o Blogger
Dangerous
DANGEROUS MJ- Click Aqui e vá  para o Fórum Dangerous

Amante Egípcio

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Dom Abr 17, 2016 12:14 am

Capitulo XXVAmante Egípcio.


As palavras do Michael me deixaram mais tranqüila, porem temerosas com a reação de Ramsés.
-O importante é que ele acredite que é o pai, assim ele pode não ti maltratar tanto.
-Mas ele vai se volta contra você.
- Oh Kaleí não se preocupe comigo, dou a minha vida se necessário, pra proteger vocês.
- Verdade?!
-Disso você não tenha duvidas.
Eu vi uma lagrima correr dos seus olhos, por alguns instantes pensei ter visto uma fagulha de tristeza nele, mas logo desapareceu quando ele abriu aquele sorriso largo lindo que ele tem que ilumina a alma de qualquer um que o visse sorrir.
- Próximo passo é ti tira daqui. Preciso ti por em algum lugar que ele não te descubra até você melhorar por completo, pra ai sim ti tira dessa cidade pra sempre.
- Mas como Michael? Mal posso saí da cama.
- Isso eu resolvo, não se preocupe com nada, amanhã eu volto.
Como fazia todas as noites Michael entrava e saia do meu cárcere sem ser visto ou ouvido por ninguém, nem Ramsés imaginava o que se passava a noite dentro da minha prisão, a passos lentos eu conseguia me recupera. Em uma das visitas de Michael Ramsés resolveu fazer uma visita de surpresa, para conferir se eu já estava morta, que para a surpresa dele:
- Quem esteve aqui? Quem esteve aqui? Preparando pra me bater de novo.
- Vai bater de novo na mãe do seu filho?
Olhar de surpresa de Ramsés cortou sua ação:
- O que você disse?
- Isso que você ouviu.
- Você num pode estar grávida!
- Se duvidas chame a parteira ela vai saber se estou mentindo ou não.
- Chamem a parteira agora! Ouça bem se estiver mentindo você morre hoje entendeu.
- Entendei, mas se fizer isso você perde a chance única de ter filhos meu adoro marido. (com tom de desdém)
Contrariado como sempre Ramsés chamou a parteira, Michael ao perceber que ele estava chegando se escondeu num lugar onde ninguém o acharia nem Ramsés, a vista de todos no quarto mas só eu podia ver, Ramsés e Miriã estavam mais grudados que nunca, parecia que ela era mulher de e não eu, também parecia que ela sentia prazer em me ser torturada, não sabia ao certo o que era mas eu iria descobrir, mas antes a parteira chegou e começou a me examinar e constatou o que eu já sabia e Ramsés não acreditava que podia ser verdade.
- É ela esta mesmo grávida.
- Quanto tempo?
- Umas três ou quatro semanas.
- Quem mais esteve aqui?
- Se você esta pensando no Michael pode esquecer, eu não o vejo desde a noite que você quase me matou.
- Você está mentindo
- Porque mentiria pra você? Quer tanto vê-lo morto que não consegue ver o obvio, você me violentou o dia todo, esperava que eu estivesse morta, mas não estou viva e ainda com um herdeiro que você acha que não é seu. Pois bem me mate se quiser e perca a chance de ter seu precioso herdeiro que tanto pede aos deuses.
Eu repeti tudo que Michael me dizia ao pé do ouvido para Ramsés, que para minha sorte me deu um voto de confiança, meu cárcere havia cessado, mas Ramsés mesmo com a possibilidade de ser pai não mudava, Michael me prometeu que cuidaria de mim e do nosso filho e que Ramsés jamais faria mal a nós, com essa promessa tive coragem para cometer alguns abusos já que Ramsés não queria me machucar para não perder seu preciso herdeiro. Mas sua irmã insistia em não deixar o irmão em paz.




avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Dom Abr 17, 2016 1:30 am

Capitulo XXVIAmante Egípcio.


- Ramsés?!
- O que é Hafei?
- Você vai acreditar nela? Nessa meretriz?
- Porque não acreditaria?
- Você não percebeu que ela quer ti usar, usa esse filho para protegê-lo. Você não é o que você pensa, num vê que esse filho não é seu Ramsés.
- E se for Hafei? Se for meu filho? Ou você se esqueceu que eu também estive com ela naquele mesmo dia? Suas desconfianças estão começando a me irritar.
- Como quiser meu irmão, mais vou fica de olho neles.
- Faça como quiser só não me atrapalhe.
- Enquanto ao escravo? Ele tem que pagar pela afronta eu lhe fez?
- Já disse. Como quiser só na mexe com ela, se não você vai pagar no lugar dele.
Hafei não temia Ramsés mais ela se estremeceu por dentro com as palavras do irmão, mais ela queria vingança de Michael mais não sabia como se vingar.
- Maldito escravo porque me atormenta tanto? Porque não consigo te tirar da minha mente. Mas vou conseguir você para mim custe o que custar. E você Kaleí vai me pagar, você e esse bastardinho que carrega.
Um dos escravos me veio com essa informação e pediu para mim e Michael tomar cuidado Hafei não esta planejando boa coisa, e realmente o que se sucedeu foi uma sucessão de desgraças na vida do Michael provocadas por ela, como não podia me tocar descontou tudo nele. Depois da descoberta de Ramsés Michael não pode mais me visitar com a freqüência de antes, para não chamar a atenção de Ramsés, mas sempre que podia ele levava a Safine nos braços para me visitar:
- Olha quem eu trouxe para visitar você!
- Safine! Michael você a trouxe!?
- Sim vocês são amigas precisam se ver, principalmente agora que você esta grávida e a Safine já teve um filho, então nada melhor do que vocês trocarem experiências. Logo, logo você vai sair dessa cama e não precisaremos nos preocupar com Ramsés.
Michael sempre deixava KalEl dormindo no quarto sozinho com poucos escravos, Hafei percebeu essa folha e resolveu se aproveita disso, enquanto Michael e Safine me visitavam ela deu ordem para um dos escravos trazem para ela o bebê filho de Michael, mas ele não podia ser visto entrando ou saindo do quarto, ela foi prontamente atendida, quando um dos empregados de Safine voltou deu por falta do bebê, todos os empregados sabiam que Michael havia saído com Safine sem a criança, pois ele havia levado-a nos braços até o quarto de Kaleí e ele não havia saído de lá em momento algum. Um grito pode ser ouvido em todo o palácio e o pânico se instalou e uma frase ecoou no local:
- O bebê sumiu, o bebê sumiu!
- KalEl!
Michael correu para onde estava a confusão.
- O que está acontecendo? Cadê o KalEl?
- Não sei senhor
- Eu o deixei aqui no berço! Ele num pode ter sumido, procurei ele agora.
- Sim senhor agora mesmo.
- Ele num pode ter sumido assim.
Os escravos passaram o dia à procura em todo o palácio, quanto mais o tempo passava mais angustiado Michael ficava, ele ajudava nas buscas o dia ia se desfazendo e dando espaço para a noite e nada do pequeno KalEl ser encontrado, até que um pensamento sombrio passo em sua mente, ele se lembrou de sua visita ao templo de Rá e o que haviam conversado, Michael até gelo quando pensou na frase que sua mãe disse que uma vida teria que ser sacrificada para ele ter mais poder e que eles escolheriam quem seria, ele não queira pensa na possibilidade de ser o bebê, até que uma visita inesperada fez com que ele temesse o que iria acontecer.




avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Dom Abr 17, 2016 1:32 am

Capitulo XXVIIAmante Egípcio.


- Pela movimentação que vejo, alguma coisa sumiu ou alguém.
- Agora não Hafei, meu filho sumiu e preciso encontrá-lo.
- Acho que vai querer saber onde ele está?
Michael não precisou nem olhar para Hafei para saber onde encontrar o bebê, mas resolveu entra no jogo dela só para ver até onde Hafei era capaz de ir. Michael se virou e olhou nos olhos de Hafei e disse seco como uma rocha:
- O que você quer de mim Hafei?
- É você ainda não sabe? Não percebeu que quero você?
- Para você me usa e me mata como faz com seus amantes, não obrigado.
- Nem pra salvar o seu filho você se sacrificaria?
Michael permanece em silencio enquanto Hafei continua falando.
- Pensei que amasse seu filho, mas pelo que vejo não é o que parece, vai preferi vê-lo morto? Só porque você não quer trair sua esposa.
- Você não me conhece Hafei, não sabe nada sobre mim, você brinca com fogo e nem sabe o quanto pode se queimar com ele.
- Você é quem brinca com fogo, se não se deitar comigo seu filho morre e não poderá fazer nada para impedir.
- Onde e quando?
- Hoje nos seus aposentos sem falta.
- Hoje?! Que seja. Mas será nos seus aposentos.
- Você não está em posição de barganhar.
- E pelo que sei nem você também.
- Que seja então.
Michael a segura firme pelo braço e lhe dá um ultimato nada amistoso a Hafei, apesar dele saber exatamente o que iria fazer e de ser muito ariscado, mas ele precisava se livrar dela.
- É bom que ele esteja lá e vivo ou você vai ver que essa cara bonitinha pode virar um horrendo demônio e com muita sede de sangue.
- Estará são e salvo espero você até o por do sol. Ela não se abolou com as palavras de Michael, pois confiava que finalmente iria se dá bem naquela noite, mas Michael tinha outros planos para Hafei.
Michael se prepara para ir ao quarto de Hafei, Safine apreensiva já sabia de tudo e confiava em nele, mas não podia deixar de sentir medo por ele:
- Michael você tem certeza disso?
- Não se preocupe meu anjo vou trazer KalEl de volta para seus braços.
- Tenho medo por você Michael.
- Safine não se preocupe voltarei para você com o KalEl.
- Se cuida, por favor. Safine segurou firme na mão dele e olhou-o fundo nos olhos como que implorasse pra ele não ir.
Michael olhou-a nos olhos e saiu para não se atrasar, levou o Lay consigo, ele entrou no quarto no quarto de Hafei, com seu plano traçado, Michael não pretendia tocar nela seu plano era apenas resgatar o bebê e voltar. Hafei já tinha seu plano armado também após o ato um de seus servos de confiança o mataria e se livraria dele. Estava tudo pronto em ambos os lados, ninguém sabia o que poderia acontecer ali Michael estava mais alerta do que nunca.
- Onde está o meu filho? Ele entra no quarto e vai direto ao assunto.
- Primeiro vamos ao que interessa depois você ver seu filho.



avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Dom Abr 17, 2016 1:33 am

Capitulo XXVIIIAmante Egípcio.


- Não me teste se ele não estiver aqui você não verá a luz do sol novamente. Cadê o meu filho?
- Quanta brutalidade! Gosto disso em você. Vou mostrar o que deseja, mas só sairá daqui quando consumar a noite comigo. Ela manda um escravo trazer o bebê que Michael aparentemente percebe que está bem apesar de chora alto e propõe:
- Então você quer fazer amor com um escravo? Então vou lhe mostrar como um escravo faz amor. Michael ordena que ela se deite na cama, ela o obedece sem questionar, Michael a prende na cama com uma corda de lençóis amarra firme na cama ambos os braços, sem a despir. O bebê estava em um canto próximo à cama, após se certificar bem que sua armadilha estava pronta e bem firme, ele se senta na cama e diz:
- Você pensou que realmente ia me ter Hafei? Você pensa que pode tudo só porque é irmã de um faraó, pois saiba que a mim você nunca terá, nem em seus sonhos. Michael dizia isso enquanto se afasta da cama e se aproxima onde está o KalEl, Hafei gritava de ódio, mas amarrada não podia fazer nada, Michael havia combinado um sinal com Lay e assim que o sinal fosse dado o escravo sairia com o bebê de volta para os aposentos de Safine, fora dado o sinal Lay entra junto com outros escravos, mas antes que Michael pudesse cumprir o combina Hafei dá a ordem para o escravo dela executá-lo, o escravo corre e tenta golpear Michael com uma espada na altura do coração enquanto ele esta de costa, mas Lay vê o perigo e consegue empurrar Michael, que cai violentamente no chão, recebendo o golpe mortal desferido pelo escravo de Hafei.
O bebê consegue escapa ileso a queda, Michael o protegeu com o corpo, mas devido à queda ele quebrou um dos braços, os escravos que acompanhavam o Lay mataram o agressor, mas para Lay não se podia fazer mais nada, Michael olhou para o amigo já sem vida no chão e lamentou a perda, mas antes de sai do quarto de Hafei ele proferiu as seguintes palavras:
- Para uma boa alma que se vai duas más irão atrás, vida que se perde hoje não será em vão, quem o mal o provocou, noites em paz não jamais desfrutaram. Com essas palavras Michael volta aos seus aposentos com o KalEl nos braços, mas tinha uma má noticia para dá a Safine.
Michael chega aos aposentos onde Safine o espera com KalEl nos braços sozinho, após Michael entregar-lhe o bebê ela dá por falta de Lay e pergunta:
- Onde está o Lay?
Michael se ajoelha na frente da amiga e segurando na sua mão lhe conta o que aconteceu, de como Lay salvou-lhe a vida e do bebê e que não tinha como ele ter salvado Lay, porque acontecerá tudo muito rápido ele se jogo na frente dele para evita que ele e o bebê fossem mortos, essas ultima parte soou como um golpe para Safine, ela se pôs a chora como bebê no colo, Michael vedo que ela não estava muito bem pegou o KalEl e o entregou a um dos escravos para pôr-lo no berço, quando trouxeram o corpo de Lay para que fosse decidido o que seria feito com ele Safine não se conteve quando viu o corpo de seu amado se levantou e correu para dá um ultimo adeus a ele, ela não notou mais Michael a havia curado, mas o braço dele ainda estava quebrado embora ele não sentisse dor alguma:
- O que vamos fazer com ele Safine?
- Ele merece um enterro descente, ele foi muito bom pra mim durante esses anos e merece isso de mim.
- Façam como ela disse, enterrem numa tumba não em covas rasas.
- Sim senhor.
Os escravos fizeram como Michael ordenou, Lay foi enterrado numa tumba mais modesta para nobres da cidade, os dois acompanharam tudo de perto no meio da multidão que acompanhava, muitos que estavam na cerimônia não acreditavam que havia ali dois nobres acompanhando um enterro de um simples escravos, nenhum dos dois se incomodo de serem empurrados no meio da multidão. Aquele dia passou rápido Safine não havia percebido que naquele dia fatídico Michael a havia curado.



avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Dom Abr 17, 2016 1:35 am

Capitulo XXIXAmante Egípcio.


Michael se senta na cama e diz para Safine:
- Safine me faz um favor?
- O que é?
Michael: pega pra mim umas ataduras, acho que machuquei meu braço.
- Onde está?
- Em cima de uma mesa na outra sala.
- Está aqui, ai Michael que foi isso no seu braço?
- Não foi nada. Me machuquei quando o Lay me empurrou, mas deixa isso pra lá você num noto nada de diferente em você?
- Não o que?
- Você voltou a andar Safine.
- Por Rá eu não acredito é verdade.
- Você nem percebeu. Ai isso doe.
- É verdade. Deixa-me ti ajudo com isso.
Safine por mais prestativa que ela tentasse ser com Michael, ele via nos seus olhos que ela sofria a com a perda de seu amor, sabia que não podia fazer muito pra aliviar a perda da amiga, mas resolveu lhe dar um pouco de tempo sem interferir muito em sua vida, pelo menos por enquanto. Cansados do dia e Michael dolorido pelo braço doente eles resolveram se deita mais cedo, o dia foi tão corrido e cheio de acontecimentos que ele até esqueceu-se de me visita, após os curativos Michael se dirigiu ao seu lugar, ou melhor, sua cama no chão, mas ele foi impedido pela Safine:
- Não Michael!
- O que foi Safine?
- Hoje você dormir comigo. Disse-lhe com um sorriso largo no rosto.
- Não. Melhor não, prefiro dormir onde eu durmo sempre.
- Por que não? Você está machucado não pode fica ai deitado no chão com o braço desse jeito.
- Eu estou acostumado, me viro sozinho.
- Não Michael você fica na cama.
- Eu vou ficar bem.
- Alem do mais preciso de companhia. Você sempre me ajudou quando precisei e hoje eu preciso de você mais do que nunca.
Michael fica na duvida tenta resistir, mas sabe que o braço vai incomoda dormindo no chão por mais que ele se acomode bem. Safine insistiu para ele não dormi no chão naquele dia, ela se sentia sozinha depois do enterro do Lay e não queria dormir só, Lay nunca pode dormir com ela na cama como fazem os casais normais e Michael mesmo sendo seu marido legitimo nunca dormiu com ela na cama já que era seu direito, mas ele nunca usufruiu disso, não por respeito a amiga e Lay mais por respeito ao seu amor por Kaleí, Safine até então nunca tinha visto Michael sem roupa, ele sempre se trocava longe do olhar dela nunca na frente dela, com o braço machucado dele foi impossível ela não o despir da cintura pra cima embora ele não quisesse deixá-la fazer, ela não pode deixar de perceber no corpo do amigo e ficou até complicado para ela se concentra pra fazer o curativo, ao contrario da dor que ela sentia por Lay ela consegui disfarça bem, Michael não percebeu que ela o cobiçava de certo modo:
- Ok Safine você venceu.
- Obrigado Michael.
- Pelo o que? Por dormir na mesma cama que você?
- Pelo bom amigo que é. Você me suportou durante esses anos todos e nunca reclamo de nada. E eu só te dou problemas.



avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Dom Abr 17, 2016 1:37 am

Capitulo XXXAmante Egípcio.


- Não Safine você não me dá problemas (abraçando ela) você nunca me deu problemas, pelo contrario é muito agradável fica com você. Não sei que fim terá minha historia com a Kaleí, mas se por algum motivo ela não der certo, eu juro pra você que não vou ti abandonar jamais. Prometo que vou ser o marido que era pra eu ser desde o começo aconteça o que acontecer.
- Para. Assim você vai me fazer chora.
- To falando serio, eu tenho uma divida com você e pretendo paga de alguma forma, não sei como, mas vou paga-la.
Safine tenta retribui com um abraço mais caloroso, mas logo é freada pela expressão de dor de Michael:
- Ai!
- Ai desculpa esquece-me do seu braço. Desculpa-me.
- Sem problema já passo.
- Bom melhor você ir para cama ta meio tarde e esse braço precisa de repouso, eu vou ti acomoda pra você não se machuca ainda mais dormindo.
- Ta bem
- Então senta ai quando eu terminar ti chamo.
Safine começou a arrumar a cama com todo o carinho que ela podia dá a Michael, ela acomodou vários travesseiros grandes repletos de penas de ganso, os mais macios que existiam no Egito e que ela tinha trazido do palácio de sua cidade, ela os acomodou de modo a deixar uma parte alta para que Michael pudesse colocar o braço doente em cima...
- Quer ajuda? (se levantando pra ajudá-la)
- Não o doente aqui é você e você tem que ficar quieto sem fazer esforço.
- Tem certeza...
- Tenho sim volte pra sua cadeira e espere lá.
Ela pede para trazerem-lhe para ela mesma colocar na cama os lençóis mais macios e belos que havia no palácio, ela mesma forrou-os na cama depois de certo tempo ela o chamou com o dedo, Safine pediu pra ele se deitar e começou a tira o restante de sua roupa...
- Não Safine.
- O que foi?
- Melhor não, por favor.
- Michael eu não vou deixa você dormir assim todo apertado dentro dessas roupas.
- Não tudo bem, mas eu posso fazer isso sozinho.
- Hoje não. Hoje eu que faço isso por você e não adianta reclama.
- Tudo bem eu não tenho escolha mesmo.
Safine tirou o restante das vesti de Michael uma a uma o sapato, o saiote a calça, ela se assustou um pouco, mas não quis demonstrar quando ela o viu finalmente completamente sem roupa, Michael um pouco envergonhado ainda tentou esconder as suas partes mais chamativas de Safine, que tinha estampado na testa apesar de tentar esconder a frase: - mulher de sorte a Kaleí. Michael envergonhado pediu:
- Será que eu posso me deita agora?
- Vem deite-se eu ti ajudo a se acomodar.
Quando ele se deitou Safine o acomodou na cama o cobriu com um lençol e ela foi se troca de roupa, quando voltou ela estava usando uma longa camisola com o tecido transparente, com um decote em v que ia até a altura de sua barriga, Safine engatinha em cima da cama em direção a Michael que tenta desesperadamente desviar o olhar do decote da amiga, que deixa todo seu colo e seios amostras por dentro do vestido, ela lhe faz um pedido que não tem como ele negar a ela.
- Michael eu posso ti pedir uma coisa, se puder você faz está certo?
- Pode pedir.





avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Dom Abr 17, 2016 1:39 am

Capitulo XXXIAmante Egípcio.



- Posso encosta minha cabeça no seu peito? Só por hoje.
- Claro
Safine tomou cuidado pra não machucar o braço de Michael o decote dela por mais que ele tentasse evitar o olha, mostrava boa parte de um de seus seios, Michael não podia negar, mas as roupas da Safine o incomodavam profundamente, porem preferiu não comentar com ela com medo de magoá-la mais do que ela já estava. Michael passou a noite com a mão nos cabelos de Safine, ela demorou a dormir naquela noite e ele resolveu lhe acariciar os cabelos para ela se acalmar quando ela adormeceu Michael ficou pensativo mais logo adormeceu também os dois dormiram juntos naquela noite, quem os visse pareciam que ele passou a vida toda com ela assim, na manhã seguinte ele levantou cedo deixou a Safine acomodada na cama e foi dá uma volta, não lhe saia de sua mente o que tinha acontecido no quarto, agora tinha duvidas e se pergunta por que ele se incomodou com as roupas dela, ele sempre teve uma boa amizade com ela e agora ele se incomoda com as suas roupa, ele sabia que alguma coisa de errado acontecia, mas o que? Ele resolveu visitar a Kaleí para poder clarear sua mente.
Quando Michael chegou à porta do quarto de Kaleí, encontrou com quem ele menos queria Ramsés, que não fez questão nenhuma de esconder a cara de desagrado pela visita do rival.
- O que você faz aqui?
- Ao contrario de você eu vim visitá-la e não matá-la como você tentou da ultima vez.
- Miserável. Eu devia matá-lo.
- E correr o risco de perder a sua mulher e seu filho, não acredito que eu valia o sacrifício, ou pensa que não sei que você pede aos deuses para te dar um filho há anos.
- Eu já estou cheio de você escravo insolente.
- Errado Ramsés. Eu que estou cheio de você, quer ser amado ter regalia dos deuses, mas você não faz nada para merecê-las.
- Não abuse da sorte que tem rapaz. Você não tem idéia do perigo que corre me provocando.
- Você também não faz idéia com quem se meteu Ramsés, e posso ti garantir uma coisa quando descobrir não viverá pra conta a historia.
Os dois trocaram olhares de ódio entre eles, até que Ramsés desistiu de entra no quarto ao notar que o rival não iria embora tão cedo, Michael estava decido em proteger Kaleí custe o que custasse, Ramsés não podia continua tratando ela como um animal, aquilo tinha que acabar logo e Michael já sabia o que tinha que fazer, mas antes era hora de ver sua amada. Ao entrar no quarto Kaleí percebeu o braço de Michael machucado e pensou logo o pior.
- Michael o que aconteceu com você? E o bebê?
- Estou bem e o bebê também.
- Foi o Ramsés que fez isso com você?
- Não foi Miriã, mas esta tudo bem. Vim aqui ti ver, como você está?
- To bem Michael. Melhor agora com você aqui.
- E ele? Tem ti tratado bem?
- Como se ele fosse um ótimo marido sempre.
- É serio! Ele ti machuco de novo? Responde sem gracinhas
- Não, não me machuco, mas desde quando descobriu o bebê ele tem evitado chegar perto de mim.
- Menos mal, assim é melhor pra ele.
- Michael não faça nada que possa ti prejudica depois.
- Fique tranqüila, antes desse bebê nascer você não estará mais casada com Ramsés, ti prometo.




avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Dom Abr 17, 2016 1:40 am

Capitulo XXXIIAmante Egípcio.


- Tenho medo do que pode acontecer Michael. Não quero ti perder de novo, não agüentaria.
- Confie em mim uma única vez Kaleí, juro que não vou ti decepcionar.
Ele me deixou um pouco mais tranqüila, mas uma angustia persistia no meu coração, continuo temendo Ramsés e mais ainda o que pode acontecer com Michael e comigo, fomos dar um passeio pelo palácio e acabei pedindo pra ir ver Safine que acabará de acordar. Michael entra comigo nos braços, já que ainda não consigo andar assim como fazia com a Safine.
- Olha quem veio te visitar!
- Oi Michael Kaleí (em tom triste)
- O que foi? Você está triste?
- O que foi? Pode fala amiga estamos aqui pra te ouvi.
- Melhor não. Prefiro não conta.
- você nunca me escondeu nada, sempre ti ajudei e posso ajuda agora, me conte Safine.
- Você não pode me ajuda, ninguém pode. (Safine grita)
- Tem haver comigo não tem Safine?
- Tem sim.
- Então fale, por favor, sei o que é, mas quero ouvi de você.
- Não, já perdi muita gente que amo e não quero perder mais ninguém.
- Não vai perder ninguém, pode fala Safine, você também ama o Michael não é?
- É verdade Safine?
- É verdade sim.
- Porque você não me contou antes?
- Porque só me dei conta ontem quando o Lay morreu.
- Oh minha amiga, eu que devia deixá-los em paz, não tenho direito algum sobre o Michael.
- Não Kaleí Michael se apaixonou por você, você tem mais direito sobre ele do que eu.
- Mas você se casou e com ele. Quando tive chance o expulsei daqui e não tive coragem de ir com ele.
- Mas o meu casamento nunca foi real, ele nunca exigiu o seu direito de marido, quem fazia isso era o Lay depois da morte dele vi que era o Michael que eu amava, mas o Michael nunca me amou como ama você e ti invejo por isso Kaleí. Você tem a única coisa que eu jamais vou poder ter.
- Quem ti disse que eu não ti amo Safine.
- Michael! (surpresas)
- Não me perguntem que não sei explica, sempre ti amei Kaleí e ti amo até a morte ou alem dela se for necessário, mas não posso negar que nesses últimos anos Safine se mostrou bem mais do que seu esperava, e ao invés de ti esquecer passei a amá-la também, até mais do que amo você Kaleí, tentei lutar contra isso, porque não quero magoar e nem perder nenhuma de vocês, As duas são importante pra mim. Sei que posso perder-las com isso, mas não importa o que aconteça nos próximos dias amo vocês pra sempre não importa o que aconteça vivo ou morto meu amor pelas duas será eterno. Mesmo que não fique com nenhuma no final.
Nós duas não sabíamos o que dizer Michael sempre foi sincero e dessa vez até me assusto a declaração dele, mas uma coisa sempre o diferenciou de Ramsés, ele sempre foi carinhoso com a Safine mesmo sem ter a amado no inicio e comigo também foi igual a ela.
- Vem Kaleí vou ti levar de volta antes que aquele monstro ti maltrate por está aqui. Ah Safine quando voltar eu vou ti provar que o que disse não foi só da boca pra fora apenas pra ti agradar.
Ver perfil do usuário Enviar uma mensagem privada




avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Dom Abr 17, 2016 1:42 am

Capitulo XXXIIIAmante Egípcio.


Michael me deixou no quarto e foi providencia umas coisas para uma surpresa para Safine, ele procurou em toda a cidade um lugar escondido porem muito bonito, o lugar fora decorado com flores de todas as espécies, a cama estava coberta de rosas vermelhas e brancas as flores favoritas de Safine, as luzes de velas davam um ar romântico, os lençóis foram os mais belos que existiam. Michael cuidou de cada detalhe e o ambiente ficou lindo parecia à primeira noite de núpcias de um casal recém-casado.
Michael voltou para o quarto de Safine e lhe fez um convite tentador:
- Vamos dar uma volta?
- Claro! Pra onde vamos?
- Ti fiz uma promessa antes de sai e vou cumprir, agora Poe a venda que é surpresa, só vai saber quando chegarmos lá.
Em meio a tanto segredo Michael levou-a até ao seu esconderijo secreto e amoroso, ele a conduzia vendada pelas ruas da cidade, ele realmente queria surpreende-la, ao chegar a seu esconderijo Michael a colocou de frente para a porte mandou-lhe fechar os olhos removeu a venda dizendo:
- Só os abra quando mandar.
- Tudo bem você quem manda. Ele abriu a porta e disse-lhe:
- Bem vinda ao paraíso, abra os olhos.
Safine abriu os olhos e não pode esconder as surpresa que lhe esperava dentro daquele lugar tão pequeno e inóspito, porem escondido de tudo e de todos, o lugar se encontrava exatamente como ela imaginava como seria sua primeira de casada com Lay, mas o ironia do destino nunca pudera realizar, Michael cuidou para que tudo estivesse perfeito, Safine ao ver o lugar teve a certeza que aquela noite mudaria de vez a sua vida completamente. Então antes de entra Michael a surpreendeu com uma frase:
- Você sabe como os deuses fazem amor?
Com essa frase Safine sabia que aquela não seria uma noite qualquer, Michael estava disposto a se entregar a ela, realizar todas as suas vontades que ela nunca antes pode fazer. Ao entrarem Michael fecha a porta e diz:
- Hoje sou seu escravo e você será minha dona, vou atender cada desejo seu basta pensar no que quer e farei, então o que deseja que eu faça?
Safine pela primeira vez pode sentir o que sua amiga desfruta há algum tempo, só que com mais intensidade Michael se revelou por completo para ela, ele a conduziu para um quarto aparte do cômodo onde havia uma banheira com água quente, a temperatura estava agradável e como um passe de mágica e manteve assim durante todo o banho, Michael foi tirando a roupa de Safine sempre a fitando nos olhos, sem desviar o olhar nenhum segundo, ele se deixo despir por ela que a cada peça de roupa que tirava deslizava as mãos no corpo dele, quando os dois estavam completamente despidos, ele a pegou no colo e entrou na banheira se sentou e colocou-a sentada no seu colo, Michael começou uma massagem com óleos e suas mãos macias deslizavam em cada parte do corpo de Safine e sempre vinha acompanhado e um beijo, ela retribuía todas as caricias e sempre procurava a boca de Michael que teimava em fugir, após o banho ele a levou pra cama e terminou sua massagem e suas caricias lá. Safine entregou sua mente a Michael e onde ela imagina e como imagina um toque dele, Michael fazia exatamente como ela queria não havia um único lugar que ela não pensasse em ser tocada por ele que ele não tocasse ou a beijasse, até que depois de muita insistência os lábios dele finalmente tocaram os dela e com o mesmo carinho e intensidade e ao mesmo tempo do beijo Michael avançou as fronteiras que separavam os amigos dos amantes. Dando assim a consumação do que antes era apenas um amor platônico o tornando em real, o que Safine não sabia é que ela ganharia mais que uma simples noite de amor. Ela jamais havia sido ama da forma que Michael a amou. Eles ficaram juntos um dia e uma noite. Que para Safine pareceu apenas poucas horas, mas o que é bom durou pouco e eles tiveram que ir embora, enquanto eles se arrumam:




avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Dom Abr 17, 2016 1:44 am

Capitulo XXXIVAmante Egípcio.


- Safine você se incomoda e voltar sozinha para o palácio?
- Não por quê?
- Tenho um assunto urgente pra resolver antes de volta, mas se você quiser, posso ti acompanhar.
- Não se preocupe meu amor eu volto só, vá resolver seu assunto, não se preocupe comigo.
- Tem certeza? Se quiser eu ti acompanho.
- Não, não precisa. A única coisa que quero é sai dessa cidade o mais rápido possível.
- Ta te incomodando ficarmos aqui?
- A cidade nem tanto, mas o Ramsés ta me dando medo, o jeito que ele ti olha, com o ódio que carrega tenho medo não só por você, mas por mim e pelo meu filho.
- Não temas Safine tudo ficará bem.
Michael e Safine saíram juntos da casa. Ele foi entregar a chave ao dono da casa, no caminho os dois se separaram ele foi providencia algumas coisas para a sua volta para Safir e ela foi de volto para o palácio, pelo mesmo o Michael achou isso:
- Safine onde está?
- Ainda não chegou senhor.
- Ainda não chego? Ela me disse que vinha direto pro palácio.
- Mas aqui ela não chegou.
- Vou procurá-la se ela chegar me avise.
- Sim senhor.
Michael percorreu vários aposentos do palácio atrás de Safine e não a encontrou em lugar nenhum, ele começou a se desespera com a situação, Michael foi até na cidade atrás dela bateu de porta em porta procurando-a e nada parecia que ela havia sido tragada pela terra, seu desespero era tanto que parecia que ia explodir o peito de tanta angustia, até que uma voz lhe chamou a atenção.
- Parece que você perdeu algo?
- Ramsés! E pelo jeito você é quem deve ter encontrado.
- Você é esperto rapaz, alem de ousado será que é tão corajoso também.
- Mais do que você imagina, onde está a Safine?
- Direto ao ponto, gosto disso, mas não vou dizer onde ela está.
- Miserável o que você quer?
- Você morto o que, mas poderia ser? Você entra no meu palácio se deita com a minha mulher e quer que eu deixe por isso mesmo? Não, não vou ti mata e você não pode fazer nada.
- Quem vai me matar será você mesmo ou um dos seus soldados como da ultima vez?
- Você está muito insolente rapaz, quero ver até o aonde vai essa insolência, tragam-no.
Um dos soldados chega com um bebê nos braços, Michael o reconhece logo pelas vestis que usa.
- Miserável covarde é a mim que você quer e não eles.
- Para vê-los livres terá que me enfrentar a mim, se não me enfrentar eles vão morrer, consegue viver com isso?
- Quer me matar? Então me mate agora.
- Aqui! Seria muito fácil. Quero que você sofra.
- Não brinque com fogo Ramsés, você pode se queimar.
- Você não sabe com quem está se metendo rapaz.
- Não. Ramsés você que não idéia de quem se meteu.





avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Dom Abr 17, 2016 1:52 am

Capitulo XXXVAmante Egípcio.





Inspiração: Mortal kombat - theme song



- Se quiser os dois vivos me encontre na praça da cidade ao meio dia, é bom não se atrasar ou haverá dois corpos no chão da cidade.
Michael voltou pro palácio com ódio de Ramsés, ele tinha que se prepara pro confronto seu rival e não ia deixa barato a afronta, pra piora o pai de Safine procurava a filha e o neto.
- Michael você viu a Safine e o meu neto? Estou procurando eles horas
- Ia ti fazer a mesma pergunta.
- Você e a Safine saíram há quase dois dias, pensei eu voltariam juntos.
- Íamos, mas ela preferiu vir sozinha. Estou com mau pressentimento.
- Onde será que ela foi?
- Não sei, mas eu vou descobri.
Michael escondeu do pai de Safine o que tinha acontecido para não preocupá-lo, mas sabia que não podia esconder por muito tempo, e ele tinha que fazer alguma coisa e rápido, Ramsés estava decido a tirá-lo do seu caminho para sempre e para isso não ia poupar esforços para conseguir seu objetivo, tanto que armou uma armadilha para conseguir pega-lo de vez. Michael não conseguiu dormir naquela noite, além de Safine Ramsés esconder Kaleí, o que o fazia sofrer de mais, pois ele não sabia onde estavam seus dois grandes amores, isso deixa Michael irritado com a situação. O dia amanheceu e Michael se preparava muito pra o combate ele treinou com todas as armas possíveis, Ramsés é um exímio lutador, conhecia todas as armas que existiam naquele período e sabia usar todas. À hora se aproxima Michael se dirige ao centro da cidade onde Ramsés havia marcado, Michael chegou cedo.
- Chegou mais cedo do que eu esperava pelo jeito você as ama muito.
- Mais do que possa imaginar.
- Isso vai acabar agora.
Ramsés investiu toda sua fúria contra Michael, ele possuía em suas mãos uma espada muito afiada e estava disposto a usá-la, Michael não ia se entrega tão fácil, a cada golpe de Ramsés Michael conseguia se esquivar ou devolver com igual ou maior potencia o barulho do aço das espadas se chocando podia ser ouvido a quilômetros da praça.
- Fique parado para que eu possa matá-lo.
- Continue tentando, porque hoje eu me livro de você de vez Ramsés.
Michael conseguiu jogar Ramsés ao chão isso o deixou furioso e volto para com ainda mais ódio para cima do rival, num descuido Ramsés conseguiu ferir o braço de Michael, o corte era profundo e sangrava muito.
Ramsés: está sangrando?! Isso é só o começo do que eu vou fazer com você. Olha só quem veio ver você morrer!
Ramsés havia trazido Safine, a mim Kaleí e o pequeno KalEl, para o ver o combate que pelo que aparecia iria demorar muito.
Ambas gritando por Michael
- Kaleí, Safine!
- Se os quer de volta terá que me matar primeiro.
- Não tenha duvidas disso.
Ramsés joga Michael com toda força dentro de uma venda de frutas, ele o segue, Michael fica atordoado por alguns segundos, mas não tempo suficiente para que Ramsés conseguisse se aproximar dele, Ramsés ainda tentou-lhe cravar a espada no peito, mas Michael conseguiu ser mais rápido e conseguiu se esquivar e ainda golpear o rival com um dos pés desequilibrando-o, Michael aproveita para sai da casa Ramsés o segue.
- Vai fugir covarde!
- Só depois que eu acabar com você Ramsés.
Ninguém jamais havia visto Michael duelar ante e mostravas habilidades que surpreenderam até o próprio Ramsés, um golpe rasteiro para tentar ferir as pernas do Michael e um salto tão surpreendente quanto ousado, na subida conseguiu atingi-lo em cheio o rosto de Ramsés que novamente é arremessado ao chão dessa vez à violência foi tanta que Michael conseguiu quebrar o nariz de Ramsés que se Poe a sangrar.




avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Dom Abr 17, 2016 2:00 am

Capitulo XXXVIAmante Egípcio.


- Maldito vou acabar com você.
- então não fique só nas promessas.
Michael não lutava bailava na frente de Ramsés cada golpe trocado pelos dois, Michael desvia de uma maneira diferente, isso irritava Ramsés. Os dois duelavam com uma energia incrível Michael não apresentava sinais de cansaço o contrario de Ramsés que parecia ofegante em algumas ocasiões.
- Cansado?
- Não por quê? Você está?
- Nem comecei ainda.
O embate durou muito horas até que Ramsés resolveu usar de maldade para derrotar seu rival, o que ninguém sabia era que Ramsés armará com um dos seus soldados que se durasse muito o combate, o soldado criaria uma distração e assim ele poderia se vingar, assim foi feito um dos soldados empurrou Safine da sacada do palácio, a praça ficará de frente para o palácio e Ramsés exibia sua rixa pessoal com Michael dessa sacada para todos que estavam no palácio, Michael percebe o que o soldado fizera e tenta correr para salvar Safine, mas Ramsés é mais rápido e consegue golpear mortalmente Michael pelas costas, ele cai no chão e ainda a tempo de dizer:
- Termine o que começou e se arrependa pela eternidade.
- Com muito prazer.
Sem dó Ramsés desfere um golpe na garganta que caiu se esvaecendo em sangue em cima da areia dourada que se torna uma água vermelha, para desespero de Safine e Kaleí que assistem a cena, Ramsés se vangloria de seu feito:
- Estão vendo é isso acontece com aquele que ousa a me desafiar.
Discursa dando as costas para o corpo do inimigo estendido no chão e discursando para a multidão que assiste a cena em silencio.
- Daqui pra frente não terei perdão com aquele que me desafiar.
- Assassino, covarde, como pode ter feito isso.
- E faria de novo quantas vezes fosse necessário.
- Os deuses vão ti punir Ramsés.
- Punir-me por matar um escravo insignificante como esse, que ousou a se deitar com minha mulher, acha que eu diria deixaria assim de graça para ser gozação no Egito inteiro, não minha cara eu o puni e os deuses não podem faze absolutamente nada contra isso.
- Você é desprezível...
- Desprezível? Eu? Não minha cara você é que é, preferiu um escravo a um faraó, quando essa criança nascer, você se juntará ao seu amante.
- Eu ti odeio seu monstro...
-E vai me odiar ainda mais porque o que você me fez, não será perdoado e quando cumprir suas funções de mulher, terás o mesmo destino do seu amante insolente.
- Os deuses não terão perdão por matar um filho deles, você será punido seu monstro. Apesar da queda Safine ainda estava viva e assistira tudo de perto sem poder fazer muita coisa para ajuda Michael.
- Punir-me? Eu sou o filho de Rá na terra e ele não ousaria a punir um faraó que o representa sob a terra e guia seu povo, não minha cara Rá não pode me tocar eu nunca serei punido por ele, ao contrario que ira ser punido pelos deuses será esse verme, que ira queima para sempre na chamas do inferno de onde ele nunca deveria ter saído.
Enquanto Ramsés discursava a poça de sangue onde Michael estava começa a brilhar e a se mover envolta dele, o seu corpo envolvido e transformado na areia dourada a mesma que ele usou para fugir do pai de Safine, seu corpo se eleva fora do nível do chão e para a surpresa de Ramsés.




avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Dom Abr 17, 2016 2:03 am

Capitulo XXXVIIAmante Egípcio.


- Não tenha tanta certeza disso. (ele abrindo os olhos e diz)
Michael era mais que um simples escravo ele havia escolhido vir a terra, nascer como um homem comum para saber como era ser um humano, seus pais lhe deram poder para fazer apenas pequenos milagres nada que chamasse muito à atenção dos humanos, o que Ramsés obviamente não sabia, ao matar Michael Ramsés lhe devolveu a forma sua forma original com todos os seus poderes com potencia astronômica.
- Mas você está morto?! Eu matei você.
- É uma pena desapontá-lo, mas sou difícil de matar.
Apesar da surpresa Ramsés tenta atacá-lo, mas os olhos de Michael brilham de uma forma assustadoramente linda, Ramsés mal consegue se aproximar dele, uma força invisível e extremamente poderosa o ergue do chão o arremessa com uma violência jamais vista na terra contra uma das pilastras que dão suporte a estatua principal de Ramsés.
¬- Existem coisas na vida que são até toleráveis, mas outras que simplesmente dá vontade de eliminá-las da face da terra e você é uma delas.
Ramsés apesar do violento choque conseguiu fica vivo, mas Michael asseguraria que não seria por muito tempo enquanto ele falava, quem estava em volta vendo a briga ficava surpreso Michael não tocava o chão, ele simplesmente flutuava no ar a poucos centímetros do chão.
- Você conseguiu tira a minha paciência e a de todos os deuses do Egito.
Ramsés é novamente arremessado desta vez contra o palácio real.
- Você pensa que o meu pai ia dar imunidade a um ser desprezível como você, que não respeita as pessoas que o cercam, não Ramsés ele não seria tão imprudente assim, ele não poria um filho seu na terra igual a você. Tu não és digno dele, vou ti mostra a fúria dos deuses.
Michael colocou Ramsés e pensou apenas, enquanto o rival lhe joga maldições e caminha em sua direção um mar de escaravelhos começou a seguir Ramsés a cada passo que ele dava o numero dobrava, até que alcançá-lo e começaram a devorar Ramsés vivo, enquanto todos assistiam atônitos ao evento, os escaravelhos devoraram Ramsés e não deixaram vestígios dele, quando os bichos se foram Michael cai ao chão e Kaleí e Safine correm para socorrê-lo.
- Michael!(ambas)
- Meus anjos!
- Nós vamos ti ajuda Michael.
- Você vai fica bem prometemos.
- Eu não posso ficar.
- Como assim? Você num pode nos deixar não agora, não depois de tudo.
- Não, isso não é justo, passamos por muita coisa pra ti perder assim.
- Tinha um trato com meu se perdesse meu corpo humano seria obrigado à volta e poderia não ficar na terra, mas como vocês estavam com problemas, ele me permitiu volta pra ajudá-las, mas agora depois que Ramsés morreu, não posso ficar, só Rá e vocês sabem o quanto quero ficar, mas não posso me perdoem.
- Não, Michael não, por favor, não morra Michael.
- Um pedido pra vocês.
- Qualquer coisa meu amor.
- Não me esqueçam e sigam sem mim, prometo que não vou deixar de olha por vocês de onde estiver.
- Não nos esqueceremos nunca, nem ninguém aqui, você ficara na tumba de Ramsés fez pra ele, é o mínimo que podemos fazer por você Michael.
Não tinha como negar a perde de Michael fora sentida por todos na cidade, Safine e eu decidimos governar as duas cidades sozinhas, as lembranças dele estavam mais vivas do que nunca em pouco tempo meu filho e de Michael nasceu, era impossível negar ele o lembrava muito, algum tempo, mas tarde Safine dera a luz ao segundo filho dela esse também era dele, Michael morreu sem saber de sua existência, vários pretendentes apareceram para nós, mas nós rejeitamos a todos em memória do nosso Michael preferimos nos dedicar a apenas nossos filhos. Os anos foram se passando...

Cinco anos depois...



avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Dom Abr 17, 2016 2:20 am

Capitulo XXXVIIIAmante Egípcio.


- Majestade! Trouxemos uma nova leva de escravo, deseja vê-los agora?
- Depois eu vejo levem-nos para os recintos.
- E quanto a esse ele está muito fraco quase num resiste a viajem.
Os soldados estavam com um rapaz quase desacordo nos braços as roupas eram diferentes, mas as afeições lembravam muito as do Michael, mas não consegui identificar seu rosto, pois estava muito sujo de poeira, mandei que o levassem para o curandeiro da cidade e que o tratassem bem.
Em poucos dias ele estava recuperado e trabalhando no palácio, até que um dia consegui ver o seu rosto de relance de frente para mim e tive a plena certeza que podia ser ele. Nesse mesmo dia Safine veio me visitar.
- Safine. Tenho quase certeza que vi o Michael.
-Impossível nós o sepultamos no tumulo de Ramsés todos viram a cerimônia, nós estávamos presente em todos os rituais do funeral.
- Eu sei, mas chego um escravo aqui da mesma foram que ele chegou da primeira vez não consegui ver o resto direito dele, mas tenho quase certeza que é ele.
- Impossível Kaleí ele não pode voltar por mais desejemos.
Os dias se passaram e Safine teve a mesma visão que tive no corredor do palácio, mas ela pode encará-lo de frente quanto a mim só pode o ver de relance a distancia.
- Kaleí você estava certa eu o vi na minha frente é ele sim.
- Conseguiu fala com ele?
- Não. Mas reconheço aquele olhar de longe, está mais velho, mas tenho certeza que é ele.
- Só há um jeito de descobrir, guardas mandem o escravo novo vir aqui
- Qual deles senhora?
- O que vocês levaram para o curandeiro.
- Sim senhora.
Depois de algum tempo ele chegou até nos estávamos na sala do trono, ele ficou frente a frente conosco e disse uma frase que nos surpreendeu a voz era inconfundível.
- Pensei que vocês nunca iam me chamar Kaleí e Safine.
- Michael você volto mesmo.
- Sim meus amores.
- Mas como?
- Meu pai viu que o amor de vocês era verdadeiro e disse que eu podia volta e ficar o quanto quiser e dessa vez nunca irei embora ficarei para sempre com vocês.
- Sentimos tanto a sua falta.
- E eu a de vocês.
Assim Michael voltou para nós, nos casamos e ele nos tratava igual a todas ele conheceu seus filhos que não vira nascerem, as duas cidades nunca vira tempos tão prósperos, e quanto a nós nunca tivemos tanta felicidade dividíamos com ele a mesma cama e nunca brigamos o amor de nós três durará para sempre.






Inspiração final: For all time

Para Sempre

O sol surge nesta nova manhã
Dissipando as sombras, um pássaro canta
E se estas palavras pudessem te manter feliz
Eu faria qualquer coisa

E se você se sentir só, eu serei seu ombro
Com o toque suave, que você conhece tão bem
Alguém disse uma vez, é a alma que importa
Baby, é ela quem realmente pode dizer,
Quando dois corações se pertencem

E talvez as paredes caiam
E o sol se recuse a brilhar
Quando eu disser, eu te amo
Baby, você tem que saber
(É para sempre)
Baby, você tem que saber
(É para sempre)

A lua brilha neste lindo anoitecer
Um beijo morno no ar frio da noite
E por causa desse amor que estou recebendo
Eu vou pra qualquer lugar
O lugar mais longe que você estiver

E talvez as paredes caiam
E o sol se recuse a brilhar
Quando eu disser, eu te amo
Baby, você tem que saber
(É para sempre)
Baby, você tem que saber
(É para sempre)

Todas essas palavras que os jovens amantes dizem...

E talvez as paredes se esmigalhem
E o sol se recuse a brilhar
Quando eu disser, eu preciso de você
Baby, você tem que saber
(É para sempre)
Baby, você tem que saber
(É para sempre)

Diga que você nunca percebeu
(É para sempre)
Baby, você tem que saber
(É para sempre)
Baby, você tem que saber
(É para sempre)
Baby, você tem que saber
(É para sempre)
(Saiba que é para sempre)
(Saiba que é para sempre)
Diga que você nunca percebeu
(É para sempre)
Baby, você tem que saber
(É para sempre)

Fim
Hello!!!
angel041
angel128




avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum