Traduza esta Página
English plantillas curriculums vitae French cartas de amistad German documentales Spain cartas de presentación Italian xo Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
King Of Pop

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Últimos assuntos
»  Um Amor de Padrinho
Sex Set 02, 2016 10:55 pm por Mimijak

» Michael Jackson In Memoriam. Remembrances (Ingles)
Sab Jul 09, 2016 4:09 am por Mimijak

» Todos os Livros Sobre Michael
Seg Jun 13, 2016 1:29 am por Mimijak

» Simplesmente MICHAEL
Seg Jun 13, 2016 1:16 am por Mimijak

» Michael Jackson = A Visual Documentary 1958-2009
Seg Jun 13, 2016 1:08 am por Mimijak

» LoveIsHIsMessage
Qui Maio 26, 2016 7:41 pm por Mimijak

» Curso de Ingles Online: Qual Escolho?
Ter Maio 17, 2016 1:17 am por Mimijak

» Mini-fic - Favores
Dom Maio 15, 2016 1:07 am por Mimijak

» Insana Obsessão
Qui Maio 12, 2016 2:13 am por Mimijak

Meu MSN
Meu MSN – Venha conhcer - Click Aqui e vá  para o Meu Perfil
Michael Is Invincible - diHITT– Mimijak Invincible
 Michael Is Invincible – Mimijak Invincible - Click Aqui e vá  para o Blogger
Dangerous
DANGEROUS MJ- Click Aqui e vá  para o Fórum Dangerous

Amante Egípcio

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 12:50 am

Sinopse: Uma jovem e bela rainha egípcia é casada com um faraó tirano, que não a ama e é maltratada por ele, ela por sua vez conhece um jovem e maltrapilho escravo, que bem cuidado se mostra com uma beleza inimaginável até mesmo para os Deuses, em seus braços ela conhece o amor verdadeiro, mas tem que abrir mão dele para poder salvar-lhe a vida, anos mais tarde esse mesmo escravo volta em posição social diferente da que ela o conheceu, porém com o mesmo amor de antes, será que eles conseguiram ser felizes? Descubra em.....


Michael Jackson Amante Egípcio.


Inspiração: Clip da Musica: Remember the Time




avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 10:36 pm


Capitulo IAmante Egípcio.


Michael Jackson - Amante Egípcio




Meu nome é Kaleí sou uma rainha do Egito antigo, venho aqui para lhe contar a minha Historia de amor com o maior amante que já existiu no mundo, um escravo que se chamava Michael.
Nunca fui amada durante a minha vida, pois meu casamento foi arranjado, como todos os casamentos que havia na alta-sociedade egípcia da época, a 2500 a.c uma mulher rica filha de faraós não podia escolher com quem casar, pois se casava com quem seus pais escolhiam e muitas vezes elas sofriam, porque nunca que seus maridos as amavam como queriam.
Mas meus dias de sofrimento haveriam de acaba quando um jovem rapaz chegou ao meu reino amarrado e todo sujo de poeira, junto com outros escravos capturados no deserto.
Ele estava vestido com uma roupa que não se sabia de onde era, pois não se parecia com nada que já se tinha visto antes, diferente das vestimentas habituais do Egito naquele período. Ele usava um cabelo longo solto até os ombros, uma espécie de escama (calça) que o cobria todo da cintura para baixo de cor preta, trajava um saiote semelhante aos usados pelos egípcios por cima e uma blusa com um brasão dourado. Aquele homem me chamou a atenção e eu não sabia o que ele me reservava.
Meu marido queria que ele trabalhasse dentro do castelo, sua melhor habilidade era dançar, ele ficou admirado de vê-lo dançando... Eu também claro, parecia que o corpo dele levitava fiquei extasiada com sua beleza, ele tinha um belo sorriso e os movimentos que fazia com o corpo me deixava fascinada. Eu era casada com Ramsés, ele gostava de dar banquetes, achava que assim mostraria a riqueza e a prosperidade para a sociedade. Naquele dia ele iria dar um banquete em homenagem à sua irmã e queria que o novo escravo se apresentasse junto com os outros dançarinos...
- Dêem um bom banho nele e o apresente a Miriã. Ela indicará aonde ele vai dançar. E tem mais (ele olhou para aquele escravo e disse num tom arrogante) Vocês ensine-o direito, percebo que ele tem habilidade para dançar, mas se fizer um passo errado sequer, juro que o jogo para os leões seu verme maldito.
Fiquei horrorizada com essas palavras, pois sempre tratei os escravos com carinho, apesar de ter nascido numa família tradicional da realeza, sempre fui contra a escravidão e aos maus tratos. Mas não podia opinar. Meu marido não falava comigo direito, só quando ele ia me procurar e mesmo assim era muito seco, rude e grosseiro.
Então, resolvi quase que as escondidas ir me desculpar com o escravo pelo tratamento rude do meu marido. Achei-o perto do rio já tinha tirando a camisa para ir se banhar. Ele estava com uma carinha triste, me aproximei e me apresentei a ele e... Quando me viu se prostrou no chão:
- Pode se erguer senhor
- Como quiser majestade
Ele se ergueu, porém manteve o olhar no chão, parecia ter receio em me olhar.
- Peço perdão pela forma que o Faraó te tratou, sou esposa dele e ele sempre foi e assim, espero que se acostume e não sofra por culpa dele, imploro que nunca o desaponte se não ele pode matá-lo.
- Agradeço a atenção, a fama de vossa majestade percorre os quatros cantos da terra...
- Eu imagino que a forma brutal com que ele trata os serviçais também é muito conhecida, não é mesmo?
- É sim Majestde.


avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 10:41 pm

Capitulo IIAmante Egípcio.

Fui para minha seção de banhos, era banho com leite, com mirra e outros produtos de beleza, depois ia me vestir arrumar os cabelos e esperar para ser chamada pelo faraó... Essa comemoração era como todas as outras, cheias de ilustres convidados, muitas apresentações de dança, discursos, e muitos oradores que declamavam várias poesias umas belas e outra sem sentido. Gostando ou não era meu dever sorrir e parecer feliz e satisfeita, coisa que na maioria das vezes eu não estava...
Quando entrou o corpo de bailarinos do faraó avistei-o, eles fizeram uma apresentação de dança sensual, cada dançarino tinha seu par e faziam movimentos insinuantes eram perfeitos e muito bem elaborados. Michael estava bem na frente ele despertou a admiração de todos naquele banquete inclusive a de minha cunhada.
Ela o devorava com os olhos, Hafei era uma bela e jovem mulher cujo marido havia morrido há uns dois anos, ela olhava aquele escravo com um olhar voluptuoso, não sei dizer se ele percebeu, ao termino da apresentação ela se levantou e junto com os demais os aplaudiram de pé (um fato raro, pois nunca ninguém valorizava nenhum serviçal nem mesmo os bailarinos), eu também me levantei e aplaudi, ela cochichou com uma de suas servas e quando o grupo saiu esta saiu atrás dele, enquanto isso meu marido se embebedava, parecia que eu era apenas uma estátua ninguém notava a minha presença.
Minutos depois pedi para Yafha minha serva e amiga fiel, pedir ao faraó que concedesse permissão para me retirar com a desculpa de que não estava me sentindo bem, estava indisposta, mas na verdade queria ir para o meu quarto fugir dali, e ver como estava o céu naquela noite, talvez ler um livro ou sonhar com o tempo em que era uma menina, que adorava brincar no jardim com meus amigos...
O faraó concedeu a permissão e então me retirei, quando estava perto do meu quarto... Avistei a minha cunhada que estava aponto de castigar o novo escravo, porque ele não queria fazer o que ela queria, intervir antes que algo mais grava acontecesse a ele.
- O que significa isso?
- Esse mancebo se recusa a fazer o que eu quero.
- É verdade escravo?
Acenando com a cabeça positivamente.
- E porque não quer fazer o que ela quer?
- Sirvo apenas a um faraó e sua esposa, o que minha senhora mandar eu faço, mas ela quer muito mais que meus favores. Ela quer que eu seja sacrificado.
- Hafei isso é verdade?
- Esse mancebo mente.
- Hafei ele é meu servo se quiser mata algum servo mate os seus, deixe os meus em paz. Vamos escravo tenho um serviço pra você no jardim.
Saí para o jardim com Michael que me acompanhando senti dele certa gratidão, por não obrigá-lo a fazer o que minha cunhada queria, enquanto estive no jardim ele foi prestativo até demais para um escravo, mas ele queria que eu soubesse que estava grato pelo favor que lhe fizera, desse dia em diante o dançarino passo a ser meu escravo pessoal, tudo que eu precisava fazer pedia a ele. Como isso aconteceu? Eu já estava encantada com ele, mas ai.
- Agradeço-lhe.
- Mas o que ela queria?
- Queria que eu dormir-se com ela.
- Mas que absurdo e mesmo assim porque não aceitou? Os outros sempre aceitam.
- Majestade meu coração pertence à outra, e não quero traí-la.
- Muito bonito isso, não se encontra rapazes como tu.
- Obrigado majestade.


avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 10:44 pm

Capitulo IIIAmante Egípcio.


Enquanto conversávamos meu marido chego sem ser anunciado.
- O que você está fazendo com esse escravo aqui?
- Não estou fazendo nada...
- Saia já daqui. Capataz! Mate-o.
- Não! Só estava conversando com esse moço, não o mate capataz. Meu marido pegou no meu braço com força.
- Disse-lhe mate-o, e você cale a boca. Nunca tinha o desafiado, mas aquele escravo havia despertado algo em mim, e não podia deixar que ele morresse.
- Largue-me, está me machucando, e não vai matá-lo, porque não quero, sou sua mulher, infelizmente, mas sou e também mando aqui, e não vai ser você quem vai me impedir de fazer qualquer coisa. Nesse momento meu marido ficou espantado, nunca tinha feito aquilo, ele se calou.
- Vá embora servo. E ainda puxou-me e levou-me pro quarto. Sussurrei para o escravo, de uma forma que meu marido não entendesse.
- Quero-te ver amanha. Já no quarto com meu marido.
- Como ousaste me desafiar.
- Desafiando oras. Ele estava brabo, chegou perto de mim, rasgo minha blusa, me jogou na cama e começou a me beijar brutalmente, mordi seus lábios e cuspi nele.
- Me largue seu nojento.
- Sua vadia, cale a boca, e faça o que mando.
- Não vou fazer nada que você mandar, porque você não manda em mim, e não sou sua escrava, e mesmo se fosse você não manda em ninguém, você não e ninguém.
- Escravo deixe-a presa na jaula.
O escravo veio me pegar, mas eu dei aquele golpe que todo homem odeia, em
meu marido o faraó, chutei-lhe na virilha, e os escravos, uma cotovelada, e peguei
um vaso e joguei.
-Sua maldita.
-Cale a boca, toda vez que fizer algo com aquele escravo e isso que vai
acontecer.
- O que você? Está me desafiando? O que você tem com aquele escravo, Estas me traindo com ele?
- Não! Ao contrario de você não lhe trai, simplesmente cansei de você, nunca lhe amei, e você nunca me amou, me deixe ser livre. Com isso o faraó meio que ficou com medo, me achou louca, mas sem dizer ficou orgulhoso de mim, não imaginava que fizesse aquilo, mas mesmo assim continuou me tratando mal, só que tinha poder de voz, e podia fazer meus desejos. No dia seguinte.
- Eí, psiu.
- Ah que bom que você está aqui. E lhe dei um abraço, ele estranhou né, aquilo não era coisa que se aconteça normalmente.
-O que a majestade queria?
-Queria lhe ver, e me chame de você.
- Ta tudo bem. Mas o que você queria? Porque queria me ver?
- Ah k...!
- Xiii. Faraó se retirou.
- Mas o que foi isso, ele não falou nada.
- Muito obrigado. Por você o enfrentei, agora posso fazer o que quiser, uh hu.
- Oh que bom! Mas porque por mim?
- Porque não agüentava mais vê-lo maltratando os empregados. Sempre fui amiga deles, e olha,... Qual é seu nome?
-É Michael.
-E olha Michael, você é especial viu garoto, tem muito talento heim, dança como os deuses, me conte a verdade, você é um deus não é?


avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 10:46 pm

Capitulo IVAmante Egípcio.


- Não porque seria?(risos)
- Porque na sua dança parece que você flutua e sua beleza ao que parece foi esculpida a ouro.
-Ah! Hoje, aquilo foi magia.
- Eu sei muito boa heim, você ainda vai ficar pra historia.
- A senhora, quero dizer você também, a primeira mulher a enfrentar o faraó.
- Uhuu, bom agora não querendo ser chata, é melhor você ir trabalhar, mas olha que quero ter mais papinhos assim com você. Quero saber mais de você e de sua
amada, finalmente posso ter amigos.
- Ok, tchau.
- Tchau.
Pela primeira vez na vida um homem havia me chamado à atenção, é claro que já havia me deitado com meu marido, mas ele sempre foi tão rude e tão frio, que a única coisa que despertou em mim foi o medo, ele dizia que as concubinas eram bem melhores que eu... Mas agora queria me tornar escrava daquele escravo, sei lá o achava tão atraente.
Fui tomar banho no rio e quando dei um mergulho minhas vestes se soltaram e foram levadas pela correnteza, espiei para ver se não havia ninguém por perto e então sai da água, havia uma passagem próxima ao rio que ia dar nos meus aposentos. Quando saia da água e estava entrando no corredor, Michael chegou, tentei me tampar, mas não dava, ele já tinha visto tudo, ele me engolia pelos olhos e...
- Oh desculpe-me, não vi nada.
- Estava tomando banho então minhas vestes se soltaram de meu corpo e foram levadas.
- Oh, tome minha camisa.
Me vesti, e ele foi me levando até o palácio, um dos capatazes de meu marido nos viu e falo:
- O que a senhora faz com esse traste? Que trajes são esses? E o que ele faz sem blusa?
- A ti não interessa, cale a boca e não se meta. E prosseguimos o caminho.
- A senhora mudou mesmo.
- Eí, você lembra?
- você mudou mesmo.
- Olhe não mudei, sempre fui assim só que antes não tinha um motivo para mostrar esse meu lado (passando a mão no ombro dele), mas agora arrumei um.
- É, e que bom né.
- É. Entrei no palácio e me vesti, depois sai para devolver as roupas de Michael, mas ele não estava mais lá.
- Arkneha chame aquele escravo com quem conversava.
- Vou chamá-lo.
Arkneha o trouxe meio que o agredindo, na certa pensava que queria escravizá-lo.
- Arkneha obrigado, mas pode solte-o, chamei-o para conversar.
- Ah sim desculpa realeza.
- Tudo bem.
- Michael, por que você foi embora?
- Não queria que seu marido me vice, apesar dele ter mudado com relação a você, ainda tenho medo que ele te machuque.
- Hum que ele me machuque. Bom queria devolver sua camisa e conversar um pouco também. E então me conte, e sua amada?
- O que tem ela?
- Ah me conte, como ela é?
- Ela é bonita, corajosa, atraente e me despertou fortemente.



avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 10:49 pm

Capitulo VAmante Egípcio.


- Hum.
- E você? Tenho certeza que não é o seu marido que ama. Quem é seu amado?
- Ah, é, bom... Ah não posso contar.
- Hum sei, e como ele é? Estou olhando pra ele.
- Lindo muito lindo e é diferente, ele parece que tem uma magia em si, ele tem um talento, a sua voz e suave, seus movimentos me deixam perplexa.
- Então ele canta?
- Canta e dança, de forma que ninguém nunca havia visto.
- E como você o conheceu.
- Ele apareceu em meu palácio para se apresentar, assim que o vi, senti algo diferente, meu marido o mandou trabalhar pra ele e no mesmo dia ele já participou de uma festa aqui em casa, para a irmã dele, e com uma diferente das outras vezes, todos bateram palmas.
- Você não está querendo dizer que esse homem sou...?
- Sim, é você.
No outro dia, meu pai enviou um mensageiro avisando que passaria algum tempo no nosso reino, fiquei muito feliz, meu pai era muito gentil eu o amava muito e estava com muitas saudades...
- Seu pai virá
- Que bom
- Farei um belo banquete em homenagem a ele
- Agradeço a consideração que você tem pelo meu pai
- Ah ta, e vê se disfarça ok, finja que é feliz comigo
- Vou tentar. Fomos informados que dentro de alguns dias meu pai estaria conosco, decidira me visitar eu fiquei muito feliz, pois estava morrendo de saudades dele.
- Os preparativos do banquete já estão em andamento?
- Sim, majestade.
- Pode se retirar e a noite te espero nos meus aposentos
- Sim majestade.
- Vem cá você não poderia ao menos disfarçar?
- Por quê?
- Por respeito a mim
- Tem ciúmes? Se quiser trocar? Vá você no lugar dela.
- Nem pensar.
- Chira!!!
- Sim majestade.
- Diga a Michael que o quero nos aposentos que fizemos para os hospedes.
- Sim senhora.
- Você não vai chamar ninguém.
- Vou sim, você pode e eu também.
- Não aceito ser traído.
- E também não estou sendo traída?
- Não interessa é muito mais vergonhoso para um homem.
- Se você quer continuar com a sua farsa de que tem sua esposa em suas mãos, que manda em tudo. Então me deixe ser feliz com Michael.
- Não...
- Nem mais, nem meio mais acabo. Enfim ele foi para seus aposentos e fui para o de hospedes esperar Michael.
- Me chamou?
- Chamei sim, entre e tranca a porta. Michael de cabeça baixa trancou a porta.
- Pensei que a senhora fosse como seu marido.
- Deixe de sua besteira e só para irritá-lo, mas você sabe que...



avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 10:52 pm

Capitulo VIAmante Egípcio.



- E você sabe que eu também...
- É sei, mas a gente não pode, e queria tanto.
- Não! A gente pode, fuja comigo, fuja.
- Mas não posso.
- Por favor, podemos ser felizes juntos.
- Não sei, pensarei, mas se a resposta for sim, tem que ser apos meu pai chegar.
- Tudo bem, e então, porque a gente não deixa que isso seja mais que uma farsa, porque não fazemos tudo acontecer.
- Não quero que seja assim, você veio aqui como meu escravo que está sendo explorado, calma isso vai acontecer, mas não assim.
- É difícil segurar.
- Oh, oh Michael.
- Mas da pra ouvir do quarto dele? (sussurrando)
- Da, grita, vai grita. (sussurrando)
- Ah uh.
- Vai Michael. É mas a noite fico só nos gritos do que poderia estar acontecendo, mas não estava.
- Rsrs isso chega até ser engraçado né?
- Rsrs pior que é
- Sabe a mulher que amo? É você
- Eu???
- Sim, porque achou que queria fazer de verdade ao invés de fingir?
- Bom, sei lá por gratidão, ou por atração
- Não nego que você é muito atraente e foi gentil comigo, mas na verdade te amo muito, sei que há outras mulheres são belas, mas elas não possuem o encanto que você tem.
- Eu?
- Sim quando olho para você, fico tão louco que até esqueço-me de fugir e penso em ficar aqui e te servindo para sempre.
- Jura?
- Juro pelo que você quiser.
Ele se aproximou e nos beijamos
- Oh Michael já decidi.
- Já?
- Fujo com você.
- Jura?
- Juro, pra bem longe, melhor vou dizer a meu marido e fujo.
- Não você não pode dizer a ele.
- Tenha calma não vou dizer, vou só dar um aviso.
- Cuidado em.
- Não se preocupe.
- Mas afinal, você quer ou não executar de verdade essa farsa?
- Quero, quero dizer acho.
- Acha?
- É que você fala tão difícil que, que não entendi direito.
-Ah! E me joguei nele e... Tudo aconteceu. E não sabia o que falar, ele era super doce e bem vocês sabem...
- Não sou digno de você, sou apenas um escravo.
- Bom então tudo bem escravo vem cá. Agarrei-o e comecei a beijá-lo
- Obedeça-me me beija
- Com todo o prazer
Ele não parecia mais um escravo, eu é que parecia escrava dele não agüentava olhá-lo sem beijá-lo, quanto mais o tempo passava, mais não conseguia esconder o que sentia por ele, até meu marido já estava desconfiado do que estava acontecendo. Pra qualquer lugar que eu fosse lá estava Michael ao meu lado, não importava o que era que ia fazer e onde ia fazer, Michael me acompanhava. Até que um dia desconfiado do meu caso com ele meu marido deu uma ordem que ninguém esperava.









avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 10:54 pm

Capitulo VIIAmante Egípcio.


- Quero aquele escravo morto hoje. Eu passava pelo corredor quando ouvi a ordem e num acreditei quando ouvi aquilo, tinha que avisa o Michael logo, sai correndo pelo corredor atrás dele antes que os soldados do meu marido o encontrassem, perguntava a todos que encontrava se tinham o visto, mas ninguém sabia dele. Até que uma das minhas empregadas disse que ele estava no rio, fui correndo encontrá-lo:
- Michael?!?!?!
- Sim majestade precisa de algo?
- Sim preciso.
-Então diga.
- Preciso que você fuja agora.
- Agora?
- Sim agora.
- Mas por quê?
- Meu marido deu ordem pra ti mata se for pego você vai morrer.
- E quanto a você? O que vai ti acontecer?
- Vou ficar bem. Vai logo antes que eles te encontrem.
- Não. Vou fica. Não vou fugir sem você.
- Vai não to pedindo, to mandado fuja agora vai.
- Mas...
- Vai. Que vou te encontra onde você estiver agora vai, por favor. Vai. Ele me olha sem saber o que tava acontecendo, vi em seus olhos que ele não queria ir tava disposto a arriscar sua vida por mim, mas num podia arriscar perder a pessoa que me amou de verdade até hoje, ele finalmente sumiu no horizonte, fiquei preocupa porque ele não levou nem água, nem comida para o deserto, mas de certa forma estava aliviada porque pelo menos ele tava seguro.
Soldado: Onde está ele?
- Ele quem?
- O escravo que estava aqui?
- Não sei, não sou escrava pra saber onde os escravos se encontram. Retirei-me e deixei os soldados procurando por Michael, enquanto ele no deserto estava seguro, longe do meu marido perverso e de volta ao meu inferno. Ramsés ficou, mas desconfiado e mandou me chamar.
- Onde está aquele maldito escravo???
- Não conheço nenhum escravo que se chama Maldito
- Não estou brincando e também não estou de bom humor
- Engraçado, por que eu estou.
- Vou matá-lo, assim que o encontrar
- E o que tenho haver com isso???
- É seu escravo, afinal.
- Ele quem? Que eu não sei?
- Não se faça de boba, que não te cai bem.
- Nem sei de quem se trata
- Seu amante.
- Meu o que? Não tenho amante você é que tem.
- Já chega, tranca-a no meu quarto Você vai saber como deve me respeitar.
- O que? Você está louco? Deixa-me, manda eles me soltarem
- Cala a boca, a partir de agora você só abre a boca se eu quiser. Ah, mas eu deixar aquilo assim, mas não deixava mesmo.
- Tudo bem. E eles me levaram para o quarto. Fiquei lá o dia todo, então Ramsés entrou no quarto.
- O que você esta me olhando, nunca me viu não?
.......



avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 10:58 pm

Capitulo VIIIAmante Egípcio.


- Responda.
.......
Ai ele chegou apertou meu braço e me deu um tapa.
- Responda sua idiota.
- Vem cá imbecil, você não falou que não podia falar.
- Não me faça de besta.
- Ah, cala a boca.
- Não me trate assim, porque se não quem vai morrer vai ser você.
- É? Nossa, mas to com tanto medo.
- Não estou de gracinhas.
- Ah, não ouviu falar, cale a boca.
- Soldados levem-na para a sala da morte. Chegaram os soldados e ficaram lá me segurando e parados, e Ramsés olhando pra mim.
- Que é, você ta esperando que eu implore por minha vida? Ele percebeu que a mulher dele não era apena uma mulher qualquer e sim uma corajosa, ousada e que ele não podia comigo. Lá na sala.
- O que você prefere as facas? Estrangulamento ou a sua mumificação ainda viva com escaravelhos?
- Os escaravelhos e mais legal.
- Então seu desejo e uma ordem.
-Ah, e se você achar o maldito e matá-lo, não se esqueça de pô-lo ao meu lado no tumulo ok. Ele ficou puto com isso, só que (risos), ele me maltratava, mas me amava só que não queria dar o braço a torcer.
- Vão escravos inúteis, me coloquem logo ai.
- Peguem os escaravelhos mais famintos. Soldados me colocando no sarcófago.
- Oh idiota, todos os escaravelhos com fome, OH não! Vão me devorar. Já colocando os escaravelhos.
- É, ta bom chega, tirem ela dai. Ele não agüentou, ele me amava, e isso o deixava com ainda mais raiva.
- Fico com peninha foi?
- Deixem a trancada na sala da tortura.
- Nossa, mas aqui todas as salas têm nome não é, estou tão animada para conhecer essa. Era apenas uma sala, escura, e fechada. Mas já estava planejando minha fuga, iria fugir e tentar encontrar meu amado. Fiquei lá a tarde toda, então uma escrava abriu a porta eu estava quase desmaiando...
- Oh senhora, venha comigo
- Mas o que você está fazendo??
- Salvando sua vida
- Por quê?
- Porque a senhora sempre foi gentil comigo e eu sou grato por tudo o que fez por mim, anda venha.
Acompanhei-a. Ela levou-me para o quarto dela, e me emprestou uma roupa dela, coloquei um tipo de véu na cabeça para poder escapar sem ser percebida... Ela me escondeu bem para que ninguém me visse, deu-me comida e água, lhe perguntei se tinha visto o Michael, ela me disse que não tinha visto-o desde quando o faraó tinha dado ordem para matá-lo, fiquei aliviada e de certa forma feliz por ele não sofre mais o que eu estava sofrendo, apesar de não saber se Michael estava vivo ou morto, mas mesmo assim estava feliz.
O que não sabia é que Michael vagou por dias no deserto e em nenhum momento passo fome ou sentiu sede, não sei explicar, mas ele tinha um poder sobre-humano que vinha dos deuses, não sei explica o que era, mas ele sobrevivia a tudo que lhe surgisse.




avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 11:00 pm

Capitulo IXAmante Egípcio.


Michael enquanto fugia encontro uma mulher em perigo e acabou salvando a sua vida, mais o que Michael num sabia que ela era a filha de um poderoso faraó que lhe foi muito útil para me resgatar das mãos de Ramsés:
- Ô então esse é o jovem que salvo a minha filha hã?
Michael se curvando: Sim meu senhor
- Não ti prostre diante de mim rapaz, você é igual a nós agora e não mais um escravo pelo que vejo.
- Sim senhor, sou um escravo. (se curvando)
- De hoje em diante você é um homem livre, como se chama?
- Michael Senhor
- Agora você é um homem livre e preciso de um favor seu.
- Obrigado senhor por me liberta, mas o que posso fazer pra ajudá-lo?
- No momento certo saberá filho, no momento certo.
- Michael!!!!!!!!! Espere.
- O que quer princesa, seu pai não vai gosta de ti ver comigo.
- Não se preocupe, ele que pediu pra mim fala com você.
- Sobre o que?
- Meu pai te libertou porque ele quer um favor seu.
- Sei disso ele me falou, mas acho que ele quer muito mais que um favor.
- É o que poderia ser?
- Diga-me você.
- Não sei se você deve estar sabendo, mas Ramsés está seriamente doente.
- Ramsés doente?
- Sim segundo os sacerdotes ele logo morrerá, mas antes ele quer domina o nosso reino.
- E......
- Como ainda não sou casa......
- E seu pai quer que me case com você para que Ramsés não possa dominar o seu reino pela união matrimonial ou forçá-la a se casar com ele. Estou certo?
- Você é algum sacerdote por acaso ou feiticeiro?????
- Sabia, mas não posso ajudá-lo.
- Mas por quê?
- Amo outra pessoa.
- Você num precisa se separar dela, apenas terá outra mulher.
- Não vivo com ela, não sou casado.
- Melhor você não precisaria traí-la se, for esse o problema.
- Não, não. É apenas não posso ficar com ela
- Mas porque Michael? Seria ela uma rainha? A mulher de Ramsés?
- Como você descobriu? Quem é o sacerdote aqui? (risos)
- Percebi quando disse que ele estava doente, você mudo por alguns segundos. Se casar comigo, então você poderá ficar com ela, se Ramsés vai morrer ela ficará viúva você poderá assumir-la porque você num será mais um plebeu e sim um príncipe e só príncipes ou reis podem casar com rainhas viúvas.
- Mas não sou príncipe, como vou me casar com você?
- Meu pai dará um jeito para isso. Aceite, por favor.
- Eu não ti amo, não vou poder ti dar o amor que você precisa.
- Não estou pedindo para ser amada, só pra salvar minha vida e a dela, depois que se casar com ela você pode me liberta do casamento.
- Você também ama alguém não é? Você quer salvar ele também.
- É quero, mas nos ajude, ajude a você e a ela. Por favor.
Ver perfil do usuário Enviar uma mensagem privada



avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 11:02 pm

Capitulo XAmante Egípcio.


- Mas... Não sei, seu pai sabe desse seu amor?
- Sabe, mas não sabe quem é? Só sabe que é escravo.
- Tenho uma idéia, se sendo um escravo seu pai quer que me case com você, porque ele não poderia.
- Mas como iremos fazer isso?
- Assim como eu cheguei, ele poderá chegar, e eu direi que
não quero casar com você, agora que sou livre ele não pode me obrigar.
- Não achas muito arriscado?
- Não, não é.
já nas jaulas de leões.
- você vai casar com minha filha sim.
- Mas sou livre.
- Aonde isso está escrito, aonde?
- Seu safado me enganou.
- Você que não procurou saber, vamos, você pode salvar sua vida.
- Vamos Michael por Lay.
Michael olhou pra ela com uma cara de quem é Lay, ela olhou pra ele
com uma cara de, dããã.
- Vamos Michael, por favor, por mim e por Lay.
- Desculpe querida, não posso.
- Joguem-no na jaula.
E o poderoso Michael solto sua areia dourada e pufe, ele desapareceu.
- mas que porcaria é isto?
- Sei lá. (rindo)
- Minha filha me conte o que foi isso.
- Ah papai não sei, vou para o meu quarto. E lá no quarto dela ainda rindo da situação, Michael aparece.
- Michael, o que foi aquilo? Muito bom. Mas o que você faz aqui?
- Não posso te deixar, você quis me ajudar.
- Mas ainda não ajudei.
- Vou ficar para lhe ajudar com seu amado, mas você tem quem pelo menos tentar me ajudar à solta minha queria. Sentou-se e de cabeça baixa.
-Não posso deixá-la nas mãos daquele monstro.
- Eu sei, deixou-a presa em um meio que cativeiro.
- Mas, ele vai ver.
- Não, espere, sou amiga dela, conheço-a e tenho certeza que vai se safar, ela é forte.
- Já sei vou me casar com você, mas pediremos a seu pai que nos deixe viajar daqui a uns dois meses, diremos que vamos visitar algum lugar bonito, sei lá você pode escolher, então desviaremos o caminho para encontrar com minha amada e a levamos conosco o seu amado como nosso "escravo", tipo seu escravo pessoal o que acha?
- Acho que é uma excelente idéia, bom fique aqui e amanhã falaremos com meu pai.
- Aqui nos seus aposentos?
- Não se preocupe confio em você e sei que vai me respeitar
- O que o seu pai vai achar disso??
- Bom ele vai pensar que nós... Bom você sabe, então vai ser obrigado a nos casar.
- Nossa como você é inteligente
- Imagina você é gentil então me diz como se apaixonou pela minha amiga?
- Olha foi assim... Ai ele contou pra ela
- Nossa que bonita história, esse escravo que te falei ele ficava me olhando no começo pensei que era só por cobiça, mas toda manhã na frente do meu quarto eu encontrava flores um dia acordei mais cedo pra ver de quem eram e vi-o, ai ele as beijava e depois as punha na mesinha.


avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 11:03 pm

Capitulo XIAmante Egípcio.


- E ai?
- Bom um dia uma escrava disse-lhe que ele era lindo e que ela queria ser dele, mas ele não a quis então dizem que ele não gosta de mulheres, mas já o beijei e ele quer fugir comigo, ele só a rejeitou porque me ama.
- É isso mostra que ele é um homem de caráter
- Ele é lindo, gentil
- Acho bom mesmo você é minha amiga e ai dele se te maltratar
-(risos)
Enfim Michael se casou com ela para me salva, não sabia do fim que ele tinha tido, os anos se passaram e nunca mais soube dele desde a fuga para escapa da morte pela mão do meu marido, os anos ia se passando e Ramsés fica cada vez mais nervoso porque num conseguia me engravidar ou uma das suas concubinas, a morte para ele estava chegando, e ele não tinha herdeiro isso para um faraó era uma desonra. Michael por respeito à amiga e ao escravo dela sim, assumirá a paternidade dos filhos dela, mas ninguém sabia da verdade. Bom certo dia Ramsés viu o Michael em uma de suas viagens e ele simplesmente ficou furioso e planejava matá-lo e eu precisava fazer alguma coisa, mas não sabia o que?
Então tentei entrar em contato com ele e..... Mas não tinha como encontrá-lo e não podia perguntar ao faraó seria perigoso demais para mim, apelei para uns dos soldados mais eles também não sabiam de nada, ou simplesmente tinham ordens de não me contar, de certa forma fiquei aliviada por saber que ainda estava vivo e bem apesar de conter poucos detalhes na informação mais mesmo assim me senti feliz pelo Michael, Um certo dia resolvi fazer uma visita a minha amiga numa cidade próxima a daqui, Safine era o nome dela, consegui a muito custo que Ramsés me deixa-se fazer essa viajem, mais a legião de soldados que me acompanhava era muito grande, meu marido temia que eu receberá alguma mensagem de Michael e ele não queria me perder para um mero escravo.
Mandei um mensageiro para a cidade de Safine dizendo que eu chegaria em breve o que eu não sabia é que Michael estava tão próximo de mim, enfim cheguei a cidade, mas dei a sorte de Michael estar viajando negócios para o pai de Safine eu só tiver permissão de ficar duas semanas e ao final desse período precisava voltar caso contrario Ramsés Havia dado ordens aos soldados para me matar se caso eu não quisesse voltar, mas fiquei feliz pela minha amiga ter encontrado um homem bom para se casa já eu não dei a mesma sorte:
- Que bom amiga que você se casou, e como ele é? Gentil, amoroso, carinhoso e sobe os lençóis? Conte-me quero saber tudinho.
- Ele é um bom homem pena que não o amo.
- Como assim não o ama!
- Amo outro Kaleí e ele não é um príncipe do Egito, e sim um escravo do meu pai, nunca que meu pai daria o trono para ele, Michael.....
- Esse nome não me é estranho, será que é o mesmo Michael, o meu Michael, não seria muita sorte. (pensando)
- Michael é um homem muito bom, mas merece ser amado pela pessoa que ele ama.
- Mas que pessoa que ele ama? Pensei que o amava você para se casa, ele teria que ti ama não é?
- Sim, mas ele se casou comigo para salvar a vida do homem que amo e para salvara a vida da amada dele.
- E como um casamento salvaria a vida do seu escravo?




avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 11:05 pm

Capitulo XIIAmante Egípcio.


- Meu pai queria matar o Lay, meu amor, mas não podia deixa então disse que me casaria com quem ele quisesse, só pra não vê-lo morto.
- E o que o Michael teve haver com isso?
- Meu pai impôs uma lei que aquele que salvasse a minha vida se casaria comigo, planejei com Lay para ele me salvar e assim poder se casar comigo, mas dois dias antes do combinado, sofri um acidente no deserto e Michael me salvou, então não tive escolha, mas ele me fez um trato que ninguém absolutamente ninguém alem de nós sabe, para o nosso bem e o de Lay.
- Você num vai-me conta esse seu trato misterioso? Nem pra mim que sou sua melhor amiga.
-Desculpe amiga, mas é muito perigoso, se descobrirem matam a nós três: Michael, eu e Lay, prefiro que você fique sem saber é até melhor assim e mais seguro pra você também.
- Está certo melhor assim mesmo.
Os dias foram se passando e o Michael não apareceu para dar o ar da graça, estranhei, perguntei para a Safine o porquê da demora dele então descobri que o pai dela tinha mandando o marido para uma viajem de negocio, mas o pai dela prometeu que a deixaria fazer uma viajem para onde quisesse, ela então pensou em ir-me visita e agora com a minha visita, ela ficou devendo uma mesmo. Finalmente tive que volta para o meu amargo lar. E fiquei a espera de Safine na minha cidade os dias foram se passando e foram muitos até que a minha amiga mandou um mensageiro avisar da sua chega e do marido. Dessa vez não tinha como escapar eu ia mesmo ver o Michael de novo, sem saber que ele estava casado com a minha melhor amiga e ainda pra surpresa de Ramsés que teria que recebe com toda pompa e gloria do seu rival, a viajem de Safine levou cinco dias ate a minha cidade, sua chegada foi calma Ramsés não se encontrava no palácio então não a viu chega com sua comitiva, mais Michael ficou para trás e chegaria meio dia depois dela.
Michael havia ficado para trás à pedido do pai de Safine que queria conversa um pouco a sós com o genro, uma noite ele resolveu ir até o quarto da filha para ver como iam as coisas entre eles, ao abrir a porta se deparou-se com uma cena no mínimo curiosa para não dizer estranha, Michael apesar de casado com Safine ainda dormia no chão como um escravo, isso deixou o pai dela cismado com a situação será que eles andam brigando? Essa duvida tinha que ser apaga e logo.
- Michael você e minha filha estão bem?
- Sim, estamos ótimos, por quê?
- Tem certeza? Uma noite resolvi conversar com você e o vi dormindo no chão.
Breve silencio de Michael que procura uma explicação plausível para esclarecer o fato:
- Senhor eu... Eu... Eu me sinto envergonhado em dizer. Mas não consigo dormir na cama com sua filha.
- Como assim? Minha filha não ti agrada? É isso?
- Não senhor. Nasci escravo e como tal não tive o conforto que vossa majestade teve em toda sua vida, não me acostumei com a cama, muito macio para mim.
- Meu rapaz se fizer minha filha sofrer o mínimo que seja vai se arrepender e muito, ouviu? Não admito que ela sofra.
O que o faraó não sabia é que Michael estava apenas servindo de fachada para Safine e Lay, tendo em vista que o faraó o flagrou no chão do quarto, Michael achou mais prudente avisar aos amantes, os três deveriam tomar cuidado qualquer deslize deles e o faraó descobrisse poderia significar a morte dos três.
A principio, Michael não reconheceu o caminho para a minha cidade, mas ao avistar o palácio ele reconheceu e se lembro de tudo que havia passado e de quem havia deixado para trás, um medo tomou conto de sua alma, mas resolveu enfrentar o perigo que lhe aguardava. Ele sabia que enfrentar Ramsés era a certeza da morte, ao poucos eles foram se aproximando e Michael teve a certeza que não sairia daquele lugar sozinho como da primeira vez, na volta ele levaria mais alguém consigo, finalmente eles chegam ao palácio, Ramsés ainda não tinha voltado de viajem estava apenas eu e Safine para recepcioná-los, até que um de meus servos veio nos avisar da chega, tal qual foi a minha surpresa quando vejo Michael descendo do cavalo aos pés do meu palácio.



avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 11:16 pm

Capitulo XIIIAmante Egípcio.


- Minha rainha uma nova comitiva deseja ver-lhe.
- A mim? Quem é? Disse-lhe um nome?
- Deve ser meu pai e Michael que chegaram! Vamos lá ver
Não gostei muito da animação da minha amiga, apesar de ainda não saber quem era o marido dela, no fundo tinha a inveja não sei qual era o segredo deles, mas com certeza ela era amada por ele coisa que só conheci com o Michael, nós fomos até a sala do trono onde os convidados nos aguardavam para a minha surpresa, logo na entrada o avisto de pé no centro da sala, ele estava lindo muito bem vestido, suas roupas eram as mesma de quando o vi pela primeira vez, mas desta vez ele estava com elas limpas e sem nenhum rasgo, mostrando e ressaltando ainda mais a sua beleza, seus cabelos eram escuros como a noite, sua beleza era imensa que mal tive forças para falar, fiquei em choque quando vi Safine se joga literalmente nos braços do Michael dá-lhe um beijo muito do apaixonado, ao ver aquela cena me senti traída como pode fazer isso comigo, se casar com a minha melhor amiga? Notei que enquanto ele a beijava não tirava os olhos de mim, mas isso não diminuiu minha raiva, pensei que ele me amasse de verdade, os conduzi até seus aposentos Michael como era de se espera ficou com Safine e o pai em outro próximo ao da filha.
- Safine precisava se joga em cima de mim assim na frente da Kaleí?
(tom de repreensão)
- Desculpe Michael não podia fazer nada meu pai me olho de um jeito que a única forma foi eu agir daquele jeito.
- A Kaleí não vai acreditar em mim, ela acha que realmente a trai e como vou explica para ela que não é real o que viu.
- Desculpe Michael, mas nós temos que tomar cuidado com meu pai, se ele descobrir estará tudo perdido para nós
- Sei disso, mas temos de tomar cuidado para não magoarmos as pessoas que nós amamos se não, o nosso sacrifício não valerá de nada se perdemos o amor deles.
- Sim você tem razão.
- Seu pai esta desconfiado de nós
-Desconfiado? Como assim?
- Ele entrou no quarto e me viu dormindo no chão, ele veio me pergunta o porquê de estar dormindo lá.
- Por Rá e agora?
- Dei uma desculpa para ele, mas creio que não o convenceu muito, todo cuidado é pouco para nós, avise ao Lay vocês tem que mudar o lugar dos seus encontros, nos seus aposentos no palácio é perigoso demais.
- Sim vou avisá-lo, mas onde serão os encontros? Sem que meu pai desconfie é claro.
- Não se preocupe Safine sei mais ou menos o que fazer, tenho um lugar que pode ser ideal, quando estiver tudo arranjado aviso-os. Agora tenho que explica a situação pra Kaleí.
Michael veio atrás de mim para se explica o que ele estava fazendo casado com a minha melhor amiga, como se eu quisesse ouvir explicações. Mas não posso nega que a visita dele me abalo e muito, não vou negar que quando o vi entra no meu quarto senti uma vontade incontrolável de beijá-lo e deixá-lo me amar como da primeira vez, mas não podia aceitar aquela traição, ainda mais porque Safine estava grávida dele.



avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 11:18 pm

Capitulo XIVAmante Egípcio.


- Kaleí?!
- Michael?!
- Preciso falar com você, se aproximando lentamente de mim, explicar algumas coisas que aconteceram comigo nesses últimos anos.
- Não quero ouvi. Saia daqui. Você já fez sua escolha e só tenho que lamentar.
- Não fiz escolha nenhuma, você que me expulsou daqui e nem soube o porquê disso, porque você me tirou da sua vida assim?
- Ti expulsei porque Ramsés deu ordem para matá-lo, não podia permitir que você morresse, não pelas mãos de Ramsés. (chorando)
- O que tem se ele viesse atrás de mim, sobrevivi a tantas coisas que você nem imagina, não seria a primeira vez que tentam me mata e em todas às vezes sobrevivi, estou aqui vivo.
- Michael. Conheço meu marido ele não ia só manda ti matar ele iria ti tortura até morte, ele é cruel Michael...
- Você não me conhece mesmo Kaleí, vivi muita coisa sou imune a tudo, nada me ferre nada e nem ninguém.
-Porque você se casou com a Safine? Por quê? Logo com ela?
- Assim como você também não tive escolha, salvei a vida dela no deserto, quando estava saindo daqui expulso por você, como forma de agradecimento o pai dela me deu-a em casamento e ainda me liberto, ou você preferiria que ficasse no deserto para morrer de fome e de sede como sai daqui? Era isso que você queria?
- Não. Queria você vivo pra mim, mas você preferiu ficar com ela ao invés de ficar comigo. (chorando)
- Estou aqui para você agora. (tocando meu rosto)
- Ela esta grávida e você vão ter um filho com ela, não faço mais parte da sua vida. Não como antes.
- Kaleí não é meu filho, não é meu filho...
- Saia daqui
- Não é meu filho.
Ele repetia isso enquanto saia do meu quarto, mas não acreditei em nada do que dizia, até que vi uma cena que chamou minha atenção e me fez pensar se era verdade mesmo o que ele me dizia, quando saia dos meus aposentos vi uma cena que me chamou atenção, vi Michael, Safine, e um escravo os três estavam entrando em um dos aposentos que serviam de acomodação para Michael e Safine, mas o que me deixo com a pulga atrás da orelha, foi que Michael saiu e deixo Safine e o escravo a sós e antes dele fechar as portas Safine beijo o escravo na boca, e pela ordem que deu aos meus serviçais ele não só sabia como ainda encobri a relação entre eles. Fiquei sem entender nada do que se passava e precisava saber mais sobre o que se passava na vida dele, o segui até o jardim do palácio.
- Deseja fala comigo Kaleí? Aproxime-se sei que você esta atrás de mim há muito tempo. (de costas para mim)
Como ele sabia que eu estava seguindo ele?
- Como você sabia que eu...? Deixa pra lá. O era aquilo nos seus aposentos Michael? Porque a Safine estava beijando aquele escravo?
- Disse que você não sabia nada sobre mim.
- Continuo sem entender?
- Não é só você eu Kaleí que tem segredos escondidos, a sua melhor amiga também tem, esse é o meu segredo com ela.
- Safine ama um escravo, ele estava para ser morto se eu não agisse, como vê num foi só você que agiu para salvar alguém que ama.
- Mas porque casou com ela?
- Para salvar a vida do escravo.
- Então você se casou só porque ela pediu simplesmente?


avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 11:20 pm

Capitulo XVAmante Egípcio.


- Não, fui obrigado a me casar com ela Kaleí.
- Como foi obrigado? Podia ter se negado a casar com ela?
- Não, não podia, se negasse a me casar com ela o pai dela me mataria e ao escravo, mas como me casei ele libertou-me ouvi boatos que Ramsés está muito doente, se isso for verdade fica mais fácil pra mim, mais fácil pra nós ficarmos juntos, você num entende isso?
- Fácil como? Você casado com ela como vai ser mais fácil?
- Sei que você não pode se casar com alguém que não tenha um passado real, mas eu sendo um príncipe egípcio posso me casar com você.
- Michael eu não sei se isso dará certo. Ele se aproxima de mim com aquele doce olhar de quem implora uma chance, sinto minhas forças faltarem nessa hora, tenho quase certeza que ele vai me beija, quando escuto uma voz dizendo:
- Ora, ora, ora quem vejo aqui após um longo tempo longe dos palácios reais. Ela diz isso se aproximando de nós e sem tirar os olhos de Michael, que se afastou de mim rapidamente e tentando evitar o toque de Hafei.
- Olá Hafei.
- Pelo que vejo você escondeu bem o seu escravo.
- Não sou mais um escravo
- Senhor ela precisa do senhor, chegou a hora
- Agora?
Lay faz um sinal com a cabeça positivamente.
- Preciso ir, depois conversamos Kaleí. Michael saiu muito rápido dos jardins, logo imaginei que era Safine que estava com problemas, logo segui Michael sem dar muita atenção a minha adorada cunhada, tentei correr atrás dele que sumiu na minha frente de tão rápido que ele andava...
- Lay o que aconteceu?
- Perdão senhor eu não fiz nada de errado e não sei o que aconteceu.
- Não se desculpe Lay, não foi sua culpa, leve-me até ela.
- Sim senhor.
Consegui alcançar o Michael e a cena que vi num foi nada agradável, Safine está banhada em sangue, e gritava muito de dor, era nítido o filho de Michael ia nascer, mas também estava claro que as coisas não estavam andando como deveria, percebia-se pela cara de preocupação de todos no quarto, e mais ainda pela cara de medo de Michael que me deu quase que um ultimato.
- Há uma parteira no palácio?
- Sim temos uma sim, mais não precisamos dela até o momento...
- chame-a agora. (grito)
- Todos o ouviram vão tragam a parteira o mais rápido.
O palácio inteiro foi atrás da parteira, como nunca tive filhos com Ramsés a parteira vivia na cidade e não dentro do palácio como era de costume, ninguém sabia onde ela morava ao certo, dificultando ainda mais as buscas por ela, os soldados batiam de porta em porta atrás dessa mulher, que parecia ter sido sugada pela terra, depois de muito tempo encontraram-na, acho que pode ser tarde de mais para a vida de Safine, trouxeram-na o mais rápido possível, enquanto Michael tentava de alguma forma ajudar, uma frase dele me preocupou muito e me deu até medo:
- O bebê está atravessado, a criança não virou.
- Que Rá tenha pena dela.
- Ela não tem como sai assim, se ela não sair vão morrer ela e a criança.
Michael me surpreendeu ele revelou dons que não sabia que ele possuía, junto com a surpresa veio o medo as palavras dele soaram como uma sentença final, não sei como ele descobriu isso só passo a mão na barriga dela, nem a tocou. As horas foram se passando e a parteira não chegava e as coisas estavam complicando, Safine estava ficando cada vez mais fraca e Michael começou a temer pela vida dos dois, quando a parteira chego não havia muito a se fazer, uma difícil decisão tinha que ser tomada, não havia mais tempo, só uma vida podia se salvar, apenas uma e o tempo conspirava contra nós.




avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 11:23 pm

Capitulo XVIAmante Egípcio.


- Safine! Preciso que você me ajude agora.
- O que está acontecendo? Porque meu filho não nasce?
- O bebê está atravessado Safine não há como virar-lo.
- Faça alguma coisa Michael eu não quero que meu filho morra.
- Não há como salva-lo a não ser...
- A não ser o que?
-... (silencio)
- A não ser o que? Diga!
-... A não ser que... Abra o seu ventre e retire a criança.
- É o único jeito?
Michael acena com a cabeça positivamente para Safine, que vê a tristeza nos olhos dele, no quarto estava apenas três pessoas alem de Safine, Michael, a parteira e o escravo Lay, o escravo não aceito com bom grado a forma de como o seu filho iria nascer, já que Michael encobriu durante vários anos o caso dos dois, Lay sabia que ia perder seu grande amor, mas ele não podia fazer nada não era casado com Safine e também sabia que se não fizessem algo por ela o bebê também morreria, a decisão final foi dela para desespero dos outros.
- Faça Michael
- Mas Safine você morrerá.
- Não importa faça, melhor do que se morrermos nós dois, pelo menos o bebê estará salvo. Michael obrigado por tudo que tem feito por mim e pelo Lay, pena que a gente se conheceu dessa forma tão abrupta, você merecia mais do que eu pode ti dar, por favor, cuide do meu filho...
- Não fale, por favor...
- Preciso falar. Lay obrigado por tudo, você me amou como ninguém mais podia me amar, sem você jamais saberia o que é o amor. Viva e seja feliz sem mim.
- Meu amor você vai sobreviver não fale, por favor...
Michael pediu para a amiga segurar sua mão, Lay deixou uma única lagrima cair sob a mão de sua amada, percebendo a ação do amigo ele fez o que muitos diriam que foi um milagre. O parto de foi difícil para Safine, mas ela conseguiu sobreviver, porem para Safine o foi um preço muito alto a ser pago, Michael conseguiu salvar sua vida com um dos seus dons misteriosos, uma leve e intensa luz tomou o leito de dela, essa luz operou um verdadeiro milagre, essa luz emanava de Michael e Safine foi salva, mas nunca mais poderia ter filhos ou andar como qualquer ser humano normal, o bebê sobreviveu à duras penas, mas saudável, quando as portas dos aposentos de Michael foram abertas, deu para ver Safine em seu leito ensangüentado, que a principio davam a entender que ela teria morrido, mas logo se pode ouvir a sua voz fraca, mas deu pra ouvir. Para o alivio de todos, não consegui ver o Michael depois que todos entraram no quarto, também não vi o bebê, perguntei a um dos escravos que me informou que tinha o visto sair com o bebê nos braços, mas não sabia para onde.
Resolvi ir atrás dele, Michael havia ajudado no parto, então deduzi que havia ido se banhar e limpar o bebê, fui para o salão de banhos quando cheguei, ele estava com o bebê nos braços e quando o chamei ele olhou para mim e no seu rosto corria uma lagrima solitária de seus olhos, que ele não pode conter quando me viu entrar no salão:
- Podia ser nosso, Kaleí podia ser nosso.
- Ele é tão lindo Michael. O bebê da Safine era um menino.
- Ele podia ser nosso e Ramsés nem precisava saber Kaleí.
- Eu sei meu amor, eu sei.


avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 11:25 pm

Capitulo XVIIAmante Egípcio.


- Ainda há tempo Kaleí, só depende de você em breve irei embora, e se irei ou não sozinho você é quem vai me dizer, mas de uma coisa é certa, se eu for com Safine aqui nunca mais irei voltar.
- Michael não, por favor, não me abandone de novo.
- Nunca ti abandonei você que me expulsou da sua vida, não tive escolha, o abandonado foi eu.
- Ramsés ia ti matar não podia deixa...
- Eu sobreviveria
- Ramsés é cruel ele ti mataria pessoalmente... Você não entende...
- Não é você que não entendi, tenho como sobreviver a qualquer coisa, ou a qualquer um.
- Como Michael? Como? Ao menos que seja um filho de um deus, você não teria como sobreviver.
- Um dia você vai saber de tudo, um dia.
Michael me deu um breve beijo que me tocou na alma e se retirou, mas quando ele estava saindo com o bebê nos braços, meu marido chega e quase nos pega na sala de banhos.
- Ah então você esta ai. Deu-me um leve beijo na testa.
- Sim estou, mas já estou saindo.
O pai de Safine era muito amigo de Ramsés, porem não sabia que a filha do amigo que ele tanto cobiça estava casada com o seu rival, mas o ele não o via como um bom partido para a filha, por isso impôs uma lei que quem salvasse a vida da filha se casaria com ela, para a sorte de Safine, Michael a salvou e a livrou de ser mais uma concubina de Ramsés, mas o que Ramsés não sabia é que o que rival estaria ali bem na sua frente e não poderia tocá-lo.
Ramsés ao saber que seu vizinho estava no palácio, foi logo procurar-lo e o encontrou na sala do trono na cidade.
- Haykhan? Há quanto tempo?
- Ramsés! Tão perto e tão longe.
- O que fazes se aqui?
- Vim visitar a sua esposa Kaleí com a minha filha e o marido...
- Safine está Aqui no palácio? Não sabia que vocês viriam
- Minha filha é muito impulsiva só aviso a sua esposa de ultima hora, também num sabia que você estava viajando, mas meu genro me fez companhia enquanto você não regressava.
- Mal posso espera para conhecê-lo...
- Oh garanto que você vai gostar dele, o pai de Safine olha pra porta e o vê chegando com Kaleí, pelo que vejo sua mulher já o encontrou, Michael aproxime-se e venha conhecer o nosso anfitrião.
Acabará de entrar de braços dados com Michael na sala do trono, a procura do pai de Safine não sabia que Ramsés estava com ele, foi um choque para Michael e mim ao ver Ramsés a fúria estava estampada nos olhos dele ao se deparar com Michael, que ainda estava com o pequeno KalEl nos braços a quem Michael ia apresentar ao avô. O breve silencio de Ramsés me deu medo.
- Ramsés esse é Michael, meu genro. Aproxime-se Michael.
- Um escravo? Preferiu casá-la com um escravo.
- Escravo não, ex-escravo.
- Uma vez escravo sempre escravo.
- Michael foi liberto por mim após salva a vida de minha filha...
- Trouxe seu neto senhor, a pedido de Safine.
- Neto essa agora...
- Oh que bela visita, o herdeiro da cidade de Safir, parabéns Michael você e Safine fizeram um ótimo.



avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 11:27 pm

Capitulo XVIIIAmante Egípcio.


- Ainda há tempo Kaleí, só depende de você em breve irei embora, e se irei ou não sozinho você é quem vai me dizer, mas de uma coisa é certa, se eu for com Safine aqui nunca mais irei voltar.
- Michael não, por favor, não me abandone de novo.
- Nunca ti abandonei você que me expulsou da sua vida, não tive escolha, o abandonado foi eu.
- Ramsés ia ti matar não podia deixa...
- Eu sobreviveria
- Ramsés é cruel ele ti mataria pessoalmente... Você não entende...
- Não é você que não entendi, tenho como sobreviver a qualquer coisa, ou a qualquer um.
- Como Michael? Como? Ao menos que seja um filho de um deus, você não teria como sobreviver.
- Um dia você vai saber de tudo, um dia.
Michael me deu um breve beijo que me tocou na alma e se retirou, mas quando ele estava saindo com o bebê nos braços, meu marido chega e quase nos pega na sala de banhos.
- Ah então você esta ai. Deu-me um leve beijo na testa.
- Sim estou, mas já estou saindo.
O pai de Safine era muito amigo de Ramsés, porem não sabia que a filha do amigo que ele tanto cobiça estava casada com o seu rival, mas o ele não o via como um bom partido para a filha, por isso impôs uma lei que quem salvasse a vida da filha se casaria com ela, para a sorte de Safine, Michael a salvou e a livrou de ser mais uma concubina de Ramsés, mas o que Ramsés não sabia é que o que rival estaria ali bem na sua frente e não poderia tocá-lo.
Ramsés ao saber que seu vizinho estava no palácio, foi logo procurar-lo e o encontrou na sala do trono na cidade.
- Haykhan? Há quanto tempo?
- Ramsés! Tão perto e tão longe.
- O que fazes se aqui?
- Vim visitar a sua esposa Kaleí com a minha filha e o marido...
- Safine está Aqui no palácio? Não sabia que vocês viriam
- Minha filha é muito impulsiva só aviso a sua esposa de ultima hora, também num sabia que você estava viajando, mas meu genro me fez companhia enquanto você não regressava.
- Mal posso espera para conhecê-lo...
- Oh garanto que você vai gostar dele, o pai de Safine olha pra porta e o vê chegando com Kaleí, pelo que vejo sua mulher já o encontrou, Michael aproxime-se e venha conhecer o nosso anfitrião.
Acabará de entrar de braços dados com Michael na sala do trono, a procura do pai de Safine não sabia que Ramsés estava com ele, foi um choque para Michael e mim ao ver Ramsés a fúria estava estampada nos olhos dele ao se deparar com Michael, que ainda estava com o pequeno KalEl nos braços a quem Michael ia apresentar ao avô. O breve silencio de Ramsés me deu medo.
- Ramsés esse é Michael, meu genro. Aproxime-se Michael.
- Um escravo? Preferiu casá-la com um escravo.
- Escravo não, ex-escravo.
- Uma vez escravo sempre escravo.
- Michael foi liberto por mim após salva a vida de minha filha...
- Trouxe seu neto senhor, a pedido de Safine.
- Neto essa agora...
- Oh que bela visita, o herdeiro da cidade de Safir, parabéns Michael você e Safine fizeram um ótimo.






avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 11:29 pm

Capitulo XIXAmante Egípcio.


- Obrigado senhor.
- Você e essa criança terão um futuro magnífico.
- E você? O que está fazendo com ele? Segurando e apertando meu braço com muita força.
- Aí larga o meu braço, ta me machucando.
- E vou ti machucar mais se não responder minha pergunta.
- O que você acha? Estava procurando o Haykhan, o que mais?
- Oh procurando Haykhan, (olhando por pai de Safine) oh procurando Haykhan, (olhando pra mim e Michael) de braços dados com ele? Ou tava se entregando a ele?
O ódio por Michael que Ramsés sentia ficou mais que claro na sala do trono, até o pai de Safine estranhou a reação de Ramsés, eu sabia que Michael enquanto permanecesse na cidade teria problemas, muito problemas, o ódio dele agora seria regado pela inveja, inveja pelo rival ter o bem que Ramsés mais desejava um herdeiro, seu legado morreria com ele e isso para um faraó era uma desonra.
Ramsés não iria deixa barato a afronta que Michael estava fazendo a ele e ainda mais agora, eu estava decidida a ir com Michael dessa vez, e nada nem ninguém iria me impedir, já havia perdido muito tempo com Ramsés e não agüento mais os destratos dele comigo, após o parto complicado de Safine fui visitá-la em seus aposentos e como bom marido Michael estava lá ao lado de Safine, percebi logo que ele era fascinado por criança, tudo que Safine fazia com o bebê ou um dos serviçais ele não perdia de vista absolutamente nada, notei que o sonho dele havia se realizado pelo menos em parte, já que ele havia deixado bem claro pra mim que ele quer um filho comigo, dessa vez eu não podia deixar passar vou atender o desejo do meu amor custe o que custar e Ramsés não podia fazer nada contra isso.
- Safine como você está?
- Agora estou bem, não sei o que houve ontem, mas sei que de algum modo o Michael me salvo...
Safine olha para Michael com um olhar terno, terno de mais até confesso que estou com ciúmes deles, apesar de saber que ele quer a mim ao invés da dela, ao perceber o jeito como a amiga lhe olha ele desviou o olhar e tratou logo de se retirar, mas antes deu ordens para entregar o bebê a mãe, fechando a porta para que nos duas pudéssemos conversar mais a vontade.
- ... Há algo em Michael que não vejo em outros homens.
- Percebi Safine, ele já foi meu escravo...
- Sei de toda historia de vocês, ele me contou tudo quando chegou meu ao palácio, ele até não queria se casa comigo, mas foi quase que obrigado pelo meu pai, o convenci para que não perde a chance de ser livre ao invés de um escravo, ele aceito, mas nunca me tocou como marido, foi à condição que me impôs para se casar comigo.
- Mais como? Ele é o pai do seu filho.
- Isso é o que todos pensam, ele apenas empresta o seu nome e posição que o meu pai lhe deu para esconder o meu romance com outro escravo, esse tive que salvar a vida das mãos do meu pai.
- Ele tava falando a verdade... (em choque pela noticia)
Safine: Kaleí você não pode perde essa chance trouxe o Michael de volta pra você, aproveite. Não terá essa chance novamente, ele veio decidido a te levar e disposto a tudo por você, mas se não for nunca mais o verá novamente.
Essas palavras que ela me disse soaram como uma sentença de morte, perder Michael para mim seria o fim, seria me condenar ao sofrimento eterno nas mãos de Ramsés, prefiro a morte a viver ao lado dele. Sai do quarto de Safine decidida a mudar minha vida nos braços de Michael, que para minha surpresa ao abrir a porta estava acomodo na parede ao lado da porta como que ouvindo a minha conversa com ela, e logo me alvejou com uma pergunta antes mesmo de eu esboçar uma reação pela presença dele.




avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 11:32 pm

Capitulo XXAmante Egípcio.


- Acredita em mim agora?
- Nossa! Michael que susto nem ti vi ai!
- Acredita ou não?
- Michael Ramsés voltou temos q ser prudentes...
- Não to nem ai pro Ramsés, quero saber de você. Acredita em mim agora?
- Podemos conversar outra hora, Aqui no corredor é muito perigoso.
- Outra hora quando Kaleí? Vou embora com Safine em três dias, e se não tiver nada resolvido entre nós até lá, vou volta sem você e nunca mais me verá novamente enquanto você viver, isso é uma promessa.
- Pelo amor de Rá Michael não fala isso, quero falar com você, mas preciso que seja em lugar seguro, não aqui no meio do corredor onde podemos ser ouvidos e alguém conta a Ramsés.
- Fazia mais fé em você Kaleí, mas parece que você ama mais ao seu marido do que a mim. Voltei aqui por você e só tenho fugas suas, quando podemos finalmente ficar juntos só ti vejo me questionando, ou me acusar por algo que não fiz ou não tive culpa. Preciso de você mais do que nunca Kaleí, mas você não enxerga isso, será que vou ter que morrer pra que entenda o quanto eu ti amo.
- Por favor, Michael...
- São dez anos ti esperando Kaleí, cansei de espera.
Não tirei a razão dele foram os mesmos dez anos para mim também, estava tão cansada quanto ele de espera e sofrer na mão de Ramsés, o que nem eu, nem Michael sabíamos é que nosso papo no corredor foi ouvido pelo próprio Ramsés, que não iria deixar barato a afronta, comecei a temer por tudo que estavam acontecendo.
Apesar de Ramsés manter a guarda pesada sobre mim, tomei coragem e fui visitar o meu amado, eu só tinha uma chance e não podia desperdiçá-la, passei boa parte do meu tempo no salão de banhos me preparando para a única noite com Michael e que poderia mudar a minha vida para sempre, quando eu terminei fui procurá-lo em seus aposentos, já era tarde os guardas estavam dormindo não me viram passar, percorri os corredores até os aposentos dele não havia ninguém a vista, cheguei à porta dos aposentos dele, ela estava apenas em costada eu entrei, os aposentos eram grandes demorei um pouco para encontrá-lo, quando o encontrei ele estava dormindo aos pés da cama de Safine no chão duro, não dormia muito profundo, pois foi fácil acordá-lo, apenas toquei no seu ombro, ele teve um breve susto até ver o meu rosto na escuridão, não deixei que ele falasse calei-o apenas tocando em seus lábios, o puxei pedindo para que me seguisse ele sem hesitar me seguiu, fomos para um aposento mais afastado do palácio, Michael não sabia para onde estávamos indo, mas eu sabia exatamente para onde o estava levando, eu havia passado o dia preparando um quarto não muito longe da cidade, o lugar era pequeno porem servia exatamente para o que eu queria fazer, eu arrumei uma cama bem confortável e uns lençóis macios, enfeitei o lugar com flores as mais perfumadas que havia no Egito, pus luzes fracas para iluminar o local.
Michael não me disse nada durante todo o trajeto, mas parecia que sabia o que ia acontecer, eu olhava para ele sempre que podia e o via com um sorriso lindo, um pouco tímido como da primeira vez que nos encontramos, parecia que sabia o que eu estava preparando para ele, não fomos vistos ao chegarmos, Michael não se surpreendeu com minha pequena surpresa, apenas se deixou levar pelo que eu estava fazendo, coloquei todo o meu sentimento para fora, matei toda a minha vontade de sentir minha alma aquecida por um amor puro e verdadeiro, coisa que eu não sentia com Ramsés, aquela noite foi mágica, eu tive Michael como eu sempre queria, massageava seu corpo deslizava minhas mãos sobre ele, a cada medida que eu passava o óleo no seu corpo seminu eu sabia que provocava um desejo nele incontrolável de me ter, de me beija, de me tocar, eu apenas disse para ele:



avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Sab Abr 16, 2016 11:34 pm

Capitulo XXIAmante Egípcio.


- Faça o que você quiser comigo, apenas não fale hoje, deixe apenas que os nossos desejos e vontades nos guiem essa noite.
E assim foi feito Michael permaneceu calado o resto da noite, mas matou todo o seu desejo e vontades sobre mim, ao contrario de Ramsés Michael era carinhoso e não tinha pressa para fazer o que ele queria, mesmo que seus desejos o enlouquecessem por dentro ele permanecia sempre calmo e com um carinho que eu jamais havia experimentado com outro homem, Michael era único e eu não podia deixar que nada lhe acontecesse e nem podia perdê-lo, mesmo que isso significasse a minha morte. Nossa noite foi regada a pena aos nossos desejos, cada beijo, abraço, o sussurro trocado por nos foi por conseqüência única e exclusivamente aos nossos desejos há anos reprimidos, a noite se passou rápido e já estava na hora de voltarmos da nossa noite de amor, logo o palácio estaria repleto de gente e não podíamos ser vistos por ninguém, parecíamos duas crianças correndo, brincando e rindo pelos corredores, parecia que para nos não havia problemas e que nossa realidade era outra, logo chegamos à porta dos aposentos do Michael eu não queria deixá-lo ir, queria poder envolvê-lo nos meus braços e nunca mais deixá-lo partir, mais não podia as coisas num eram como antes.
Ao entra nos aposentos Michael se depara com Safine sentada aos pés da cama em lagrimas:
- Por Rá, Safine?!
- Michael!
- Faz muito tempo que você está ai? Pegando-a nos braços e pondo-a de volta na cama.
- Não muito.
- Enxugue as lagrimas, por favor, estou aqui agora.
- por que Michael eu não consigo andar, por quê?
- Oh Safine, não sei bem, mas acho que você deve ter ficado com alguma seqüela do parto.
- Então não vou poder mais anda?
- Não sei dizer, pode ser que sim, mas pode ser que não, o tempo é quem pode dizer.
- E você não pode me ajuda?
- Estou vendo se consigo um jeito, mas não quero ti dá falsas esperanças.
- Tudo bem Michael. Só queria poder andar para cuidar do meu filho melhor.
- O KalEl está bem?
- Está. O Lay saiu com ele para pega sol.
- vou dormir um pouco, se precisa de mim pode me chama que estarei aqui.
Michael dormiu e se sentiu de alma lavada após passar a noite com seu amor, não poderia existir prova melhor de amor do que a que ele tinha recebido, Kaleí estava com a mesma sensação, mas a dela era mais de liberdade porque ela sabia que tinha dado um belo troco em seu marido e também dormirá aliviada naquele dia, mais mal sabia eu que não conseguiria dormir naquele dia, como qualquer bom rato que rouba a noite e esquece-se de apagar as provas do seu crime, esqueci de tirar os perfumes dos óleos que usei em Michael, adormeci e quando Ramsés chegou percebeu o forte cheio do que ele já desconfiava, eu havia me deitado com Michael.
- Maldita vadia. Puxou-me da cama com violência e começa a me espancar sem dó.
- Dou-lhe um espaço, confio em você um pouco e tu corre pro braços daquele maldito escravo.
- Corro porque você nunca vai me amar como ele me ama, corro pra ele quantas vezes quiser, porque ele não é um mostro como você.
- Então será que ele é melhor do que eu na cama. Não contente de me espancar Ramsés também passou o dia me violentando e quanto mais eu fala do quanto o Michael era maravilhoso mais ele me batia, mais ele me violentava, meus gritos podiam ser ouvidos em todo o palácio.
Ver perfil do usuário Enviar uma mensagem privada.



avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Dom Abr 17, 2016 12:05 am

Capitulo XXIIAmante Egípcio.


- Quem está gritando? Michael acorda assustado com meus gritos.
- Parece que Ramsés descobriu que ela passou a noite com você.
- Como assim? Ninguém sabia disso, como que ele descobriu?
- Não sei como, você sabe que não ti trairia Michael.
- Eu sei Safine, você sabe tudo sobre mim e é a mais fiel que muitas que já conheci. Sei que estou seguro com você, mas quem disse a ele?
- Poderia descobri, mas encima de uma cama complica um pouco, mas vou tenta por você.
- Obrigado Safine, tenho que ir ajudá-la.
- Não Michael fique. Você pode sofrer junto com ela ou até mesmo causa a morte dela se for.
- Tenho que ir, ele vai matá-la.
- Será pior se você morrer também, ele é marido dela, ele pode o que quiser com ela.
- Ai, ai minha cabeça... (meus gritos invadem a alma de Michael)
- Michael o foi?
- Esses gritos tão me deixando louco.
- Como assim Michael?
- Estou ouvindo ela me chamar.
- Chamar? Como?
- A alma dela clama por mim.
- Ela é forte Michael vai sobreviver, ela vai sobreviver.
Safine sabia todos os segredos de Michael e ela confiava nele, ele por sua vez também confiava nela. Os conselhos que Safine dava a ele sempre o ajudaram a fugir de situações arriscadas e dessa não iria ser diferente, embora a alma de Michael morresse um pouco a cada grito de Kaleí, o dia foi demorado a passar temia pela vida do Michael mais do que pela própria minha vida.
- Michael nós vamos ficar fora hoje se Ramsés vier atrás de você pelo menos não estará aqui?
- Não posso, e a Kaleí ela precisa de mim.
- Sim ela precisa. Mas precisa de você vivo e não morto para ajudá-la.
- ta bem, então nós vamos para o templo de Rá vi um próximo daqui, preciso resolver um assunto lá urgente mesmo.
Michael passou o dia longe do palácio, quando Ramsés enjoou de me espancar ele foi se encontrar com sua fiel escudeira Hafei, quem nos havia entregado a Ramsés, ao qual sua fúria agora se voltaria para o Michael igual ou maior que a dele por mim, as ordens era tão severa, que quem as desobedecesse iria pagar coma própria vida, Ramsés não me matou naquele dia porque ele queria ver até que ponto chegava à coragem de Michael.
- Guardas todos aqui já. Ouçam bem, não quero que ninguém entre nesses aposentos, aquele que o fizer será morto, não quero que lhe tragam comida, água, nem nada para cá.
- E enquanto ao escravo?
- Ele já deve está sabendo o que aconteceu com a amada dele, não vai demora muito para ele vir atrás dela, nessa hora ele pagará caro pela afronta que me fez.
- E quanto a ela?
- Vamos ver até quando ela suporta a solidão. Continue de olho Hafei avise-me se ele aparecer.
- Sim meu irmão. Como deseja.
Enquanto Ramsés tramava a minha morte lenta e agonizante, Michael passou o dia no templo de Rá em orações que ninguém sabia do que se tratava, mas pelo clima que se estabeleceu no céu do Egito se sabia que algo divino e grandioso estava acontecendo lá dentro, às portas se mantiveram seladas durante toda a visita dele, ninguém entrava ou saia, única coisa que se podia ouvir era o vento cantando sua canção enlouquecedora e seus assobios infernais, todos os moradores da cidade sabiam que os deuses não estavam satisfeitos com alguma coisa e isso poderia se voltar para eles de algum modo, o medo tomou conta da cidade. Enquanto dentro do templo Michael estava alheio ao que se passava do lado de fora, ele apenas “orava”.



avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Dom Abr 17, 2016 12:09 am

Capitulo XXIIIAmante Egípcio.


- Quem está gritando? Michael acorda assustado com meus gritos.
- Parece que Ramsés descobriu que ela passou a noite com você.
- Como assim? Ninguém sabia disso, como que ele descobriu?
- Não sei como, você sabe que não ti trairia Michael.
- Eu sei Safine, você sabe tudo sobre mim e é a mais fiel que muitas que já conheci. Sei que estou seguro com você, mas quem disse a ele?
- Poderia descobri, mas encima de uma cama complica um pouco, mas vou tenta por você.
- Obrigado Safine, tenho que ir ajudá-la.
- Não Michael fique. Você pode sofrer junto com ela ou até mesmo causa a morte dela se for.
- Tenho que ir, ele vai matá-la.
- Será pior se você morrer também, ele é marido dela, ele pode o que quiser com ela.
- Ai, ai minha cabeça... (meus gritos invadem a alma de Michael)
- Michael o foi?
- Esses gritos tão me deixando louco.
- Como assim Michael?
- Estou ouvindo ela me chamar.
- Chamar? Como?
- A alma dela clama por mim.
- Ela é forte Michael vai sobreviver, ela vai sobreviver.
Safine sabia todos os segredos de Michael e ela confiava nele, ele por sua vez também confiava nela. Os conselhos que Safine dava a ele sempre o ajudaram a fugir de situações arriscadas e dessa não iria ser diferente, embora a alma de Michael morresse um pouco a cada grito de Kaleí, o dia foi demorado a passar temia pela vida do Michael mais do que pela própria minha vida.
- Michael nós vamos ficar fora hoje se Ramsés vier atrás de você pelo menos não estará aqui?
- Não posso, e a Kaleí ela precisa de mim.
- Sim ela precisa. Mas precisa de você vivo e não morto para ajudá-la.
- ta bem, então nós vamos para o templo de Rá vi um próximo daqui, preciso resolver um assunto lá urgente mesmo.
Michael passou o dia longe do palácio, quando Ramsés enjoou de me espancar ele foi se encontrar com sua fiel escudeira Hafei, quem nos havia entregado a Ramsés, ao qual sua fúria agora se voltaria para o Michael igual ou maior que a dele por mim, as ordens era tão severa, que quem as desobedecesse iria pagar coma própria vida, Ramsés não me matou naquele dia porque ele queria ver até que ponto chegava à coragem de Michael.
- Guardas todos aqui já. Ouçam bem, não quero que ninguém entre nesses aposentos, aquele que o fizer será morto, não quero que lhe tragam comida, água, nem nada para cá.
- E enquanto ao escravo?
- Ele já deve está sabendo o que aconteceu com a amada dele, não vai demora muito para ele vir atrás dela, nessa hora ele pagará caro pela afronta que me fez.
- E quanto a ela?
- Vamos ver até quando ela suporta a solidão. Continue de olho Hafei avise-me se ele aparecer.
- Sim meu irmão. Como deseja.
Enquanto Ramsés tramava a minha morte lenta e agonizante, Michael passou o dia no templo de Rá em orações que ninguém sabia do que se tratava, mas pelo clima que se estabeleceu no céu do Egito se sabia que algo divino e grandioso estava acontecendo lá dentro, às portas se mantiveram seladas durante toda a visita dele, ninguém entrava ou saia, única coisa que se podia ouvir era o vento cantando sua canção enlouquecedora e seus assobios infernais, todos os moradores da cidade sabiam que os deuses não estavam satisfeitos com alguma coisa e isso poderia se voltar para eles de algum modo, o medo tomou conta da cidade. Enquanto dentro do templo Michael estava alheio ao que se passava do lado de fora, ele apenas “orava”.



avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Mimijak em Dom Abr 17, 2016 12:12 am

Capitulo XXIVAmante Egípcio.


Michael se posicionou embaixo da janela e ergueu um dos braços como que pedisse para alguém suspendê-lo e simplesmente flutuou para dentro do quarto de Kaleí, lá dentro ele tomou um susto com o que viu, ela estava completamente ensangüentada, como não sabia exatamente do que ela precisava então levou um pouco de tudo, ao vê-la ainda com vida ele se surpreendeu:
- Oh meu amor que aquele monstro fez com você?
- Michael! Você veio! (Disse-lhe quase sem forças), Michael me encontrou na cama, deitada na mesma posição que Ramsés havia em deixado, estava tão fraca que não tinha forças para falar e para me mexer, minha garganta estava queimando feito brasa de tanto que gritei enquanto Ramsés me batia...
- Ele me quer morta Michael. Ele me dava água, mas eu não conseguia engolir de tanto que minha garganta doía.
- Eu sei, não fale apenas beba a água, por favor.
Nunca tinha tido de Ramsés um décimo da atenção que Michael me dava, de certa forma isso me confortava e me dava forças para lutar pela vida, Michael tratou dos meus ferimentos e me alimentou naquela noite, ele velou o meu sono boa parte da noite, eu sabia que ele não podia ficar ali para sempre, pela ordem de Ramsés quem fosse pego me ajudando teria a morte como destino. ele adiou sou volta até ter certeza que eu iria sobreviver, os dias foram se passando e Michael tomou decisão que pode custar à vida nós dois, a dele e a minha, ele resolveu tirar-me do palácio porque descobriu que eu estava grávida. As semanas haviam se passado e Michael percebeu logo a novidade nem eu mesma desconfiei.
- Que batida essas?
- Não. Deve ser Ramsés, ele não pode ti ver aqui.
- Não, não é ele. É acelerado e bem compassado pra ser pancadas em portas ou em paredes.
- Mas de onde estão vindos então?
- Espera shiii (pedindo silencio) está mais alto! Dizia enquanto caminhava pro meu lado.
- Não estou ouvindo nada.
- Agora fico bem alto mesmo, dá pra defini até o que agora! Espera está vindo de você!
- De mim?
- É! Kaleí você está grávida?
- Não, não estou.
- Está! As batidas que estou ouvindo dá pra defini agora são batidas de coração e de bebê.
Foi ai que me desesperei se já era difícil para mim sozinha suporta a maldade de Ramsés, com uma criança seria ainda pior.
- Não Michael não, se Ramsés descobri ele vai me mata e a criança.
- Calma eu ti ajudo, nada vai acontecer a você e ao bebê.
- Mas quem é a pai? Ramsés me teve a força no mesmo dia que fiquei com você na cabana.
-Uma dica. Ramsés jamais vai poder ter filhos.




avatar
Mimijak
Adm
Adm

Feminino Mensagens : 20561
Data de inscrição : 05/03/2011
Localização : Brasil

Ficha do personagem
MimiJak Invincible: 1

http://mimijak-mjj.forumsmusic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Amante Egípcio

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum